Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/10/12 às 19h49 - Atualizado em 29/10/18 às 11h42

Sedest cadastra público LGBT para inclusão no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal

(30/01/2012 – 17:55)

Nesta segunda-feira (30), a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (Sedest), iniciou cadastramento do público LGBT no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

Essa ação faz parte da busca ativa, estratégia do DF Sem Miséria, uma ação de mobilização permanente e continuada para identificação das famílias pobres e extremamente pobres que ainda não estão no Cadastro Único, incluindo também catadores de materiais recicláveis, povos e comunidades tradicionais, população em situação de rua e populações que vivem em áreas rurais.

O cadastramento foi iniciado no Posto de Cadastramento localizado no antigo Touring, ao lado do NUDIN – Núcleo de Atendimento Especializado às Pessoas em Situação de Discriminação Sexual, Religiosa e Racial.

Na ocasião, foi realizado ensaio fotográfico de travestis e transexuais em comemoração ao Dia da Visibilidade de Travestis e Transexuais – 29 de janeiro. As fotos serão expostas via projeções visuais em pontos estratégicos de Brasília.

 

Busca Ativa – uma estratégia do DF Sem Miséria para superação da extrema pobreza

Um Cadastro Único, limpo e confiável, é instrumento imprescindível para a identificação das famílias pobres e extremamente pobres, as quais deverão receber do Estado as ações previstas no Plano DF Sem Miséria. O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal é uma ferramenta estratégica para formular e implantar políticas públicas voltadas à superação da pobreza.

A SEDEST iniciou, em setembro de 2011, três importantes ações para aperfeiçoar a gestão dos programas sociais no Distrito Federal: revisão cadastral dos beneficiários do Programa Bolsa Família que estão com seus dados desatualizados há mais de dois anos no Cadastro Único; atualização dos cadastros apontados em processos de auditoria por órgãos de controle e inserção dos beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e dos programas sociais Bolsa Social, Bolsa Escola, Pão e Leite e Cesta Verde no Cadastro Único.

Desde o início das ações da Busca Ativa, em setembro de 2011, cerca de 1900 famílias de áreas rurais foram cadastradas, além de 2.000 famílias de catadores de materiais recicláveis e 153 de povos e comunidades tradicionais.

Além da Busca Ativa, já foi realizada a atualização cadastral de mais de 70 mil famílias beneficiárias. A meta é atualizar cerca de 130 mil cadastros até o primeiro semestre de 2012. Para desenvolver o trabalho foram capacitados 306 entrevistadores que estão distribuídos nos 29 postos de atendimento implantados em todo o Distrito Federal.

 

Agenda em Comemoração ao Dia da Visibilidade de Travestis e Transexuais

I) Projeções Visuais de Travestis e Transexuais em locais estratégicos centrais, de alto fluxo de pessoas no DF, visibilizando a importância da data e o respeito à cidadania e aos direitos de Transexuais e Travestis.

29 de Janeiro – Projeções Visuais/ Intervenções Urbanas

• Final do Período Vespertino: Museu da Republica – Esplanada de Brasília

• Período Noturno: Bar Barulho – Parque da Cidade

30 e 31 de Janeiro – Projeções Visuais/ Intervenções Urbanas

• Período Integral: Rodoviária do Plano

II) Exposição de Fotografias e de um Vídeo retratando a realidade da vida de Transexuais e Travestis na Câmara Legislativa do DF, de 5 à 20 de Março de 2012.

III) I Encontro de Transexuais e Travestis do Distrito Federal na Câmara Legislativa do DF, no dia 6 de Março de 2012, das 8h às 17h30.

IV) Audiência Pública na Câmara Legislativa do DF sobre a PLC, de autoria da Deputada Rejane Pitanga, sobre o Nome Social de Transexuais e Travestis, no dia 7 de Março de 2012, às 19h.

 

  • Acesse o Portal do Governo do Distrito Federal
  • SEPN Quadra 515, Lote 2, Bloco B Ed. Espaço 515 - Asa Norte
    CEP: 70.770-502
    Transferência de Renda e Cadastro único: 37737251/37737242/37737249
    Subsecretaria de Assistência Social: 3773-7248
    Ouvidoria: 3773-7183