Governo do Distrito Federal
25/02/22 às 18h05 - Atualizado em 25/02/22 às 18h00

Saque do DF Social é liberado para mais de 50 mil famílias vulneráveis

Mesmo beneficiários que perderam prazo para retirar o cartão podem fazer movimentações bancárias via Pix pelo aplicativo BRB Mobile, pagar boletos ou sacar o dinheiro em qualquer posto do BRB Conveniência

 

O saque de R$ 150 do benefício do DF Social está liberado a partir desta sexta-feira (25). Assim, quem é beneficiário já está com o dinheiro na conta e, com o cartão em mãos, pode sacar o benefício. O novo programa do Governo do Distrito Federal (GDF), gerenciado pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), atende, atualmente, 51.520 famílias com renda per capita de até meio salário mínimo, inscritas no Cadastro Único.

 

O valor total pago foi de R$ 7.729.080. Vale reforçar que o dinheiro está disponível para saque para todos os beneficiários, mesmo aqueles que não conseguiram retirar o cartão nas agências do Banco de Brasília (BRB).

 

“As famílias que, por algum motivo, perderam o prazo para retirar o cartão do DF Social não precisam se preocupar. A partir desta sexta, o beneficiário pode fazer movimentações bancárias via Pix pelo aplicativo BRB Mobile, pagar boletos ou sacar o dinheiro em qualquer posto do BRB Conveniência”, reforça a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha.

 

Quem perdeu o prazo pode retirar o cartão nas agências do BRB a partir da próxima quinta-feira (3). Para saber quando e onde retirar o documento, o beneficiário deve acessar o site do GDF Social e comparecer à agência bancária, somente na data marcada, portando documento com foto.

 

 

Para confirmar se está entre os beneficiários do DF Social, é necessário acessar o site GDF Social, informar CPF e data de nascimento. Após esse procedimento, aparece mensagem na tela informando se a pessoa está ou não na lista.

Caso seu nome não apareça no site, é preciso agendar atendimento no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) pelo 156 ou pelo site da Sedes (www.sedes.df.gov.br).

 

Mayara Rocha reforça a importância desse benefício para atender às famílias em vulnerabilidade social do DF. “Com o fim do DF Sem Miséria, após a extinção do Bolsa Família, foi preciso desenhar um novo programa, que permitiu manter o auxílio aos beneficiários que vivem em condição de extrema pobreza no DF”, pontua.

 

DF Social

 

O DF Social integra o Plano DF Social, assinado pelo governador Ibaneis Rocha em dezembro. O pacote prevê seis benefícios – DF Social, DF Brincar, Incentiva DF, Agentes da Cidadania, Agentes de Cidadania Ambiental e DF Alfabetização – e tem o objetivo de fortalecer as famílias vulneráveis afetadas diretamente pelos efeitos econômicos da pandemia de covid-19.

 

Para pleitear a inclusão no DF Social, o cidadão precisa preencher os seguintes requisitos: estar inscrito no Cadastro Único, ter renda familiar per capita mensal igual ou inferior a meio salário mínimo, ser correntista do BRB e morar no Distrito Federal.

 

Cynthia Ribeiro

  • Acesse o Portal do Governo do Distrito Federal
  • SEPN Quadra 515, Lote 2, Bloco B Ed. Espaço 515 - Asa Norte
    CEP: 70.770-502
    Transferência de Renda e Cadastro único: 37737251/37737242/37737249
    Subsecretaria de Assistência Social: 3773-7248
    Ouvidoria: 162
Governo do Distrito Federal