Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/06/16 às 16h32 - Atualizado em 29/10/18 às 12h07

Recanto das Emas terá o primeiro Centro de Artes e Esportes Unificados do Distrito Federal

Programa feito em parceria entre o Ministério da Cultura e municípios oferece espaço para atividades culturais e práticas esportivas


 

A partir deste sábado (2), na 1ª Oficina de Mobilização Social, das 15 às 18 horas, a população do Recanto das Emas poderá conhecer o Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), na Quadra 113, Lote 9, e começar a escolher os nomes que representarão a comunidade no grupo gestor responsável pela administração do local. A forma de eleição será definida ao longo das outras oficinas que ocorrerão no CEU, em julho, em agosto e em setembro. O grupo será formado por 18 voluntários — seis representantes da liderança comunitária, seis da sociedade civil organizada (organizações não-governamentais, associações) e seis do governo de Brasília.

Com recursos do Ministério da Cultura, o CEU integra no mesmo espaço ações culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação para o mercado de trabalho, serviços socioassistenciais, políticas de prevenção à violência e de inclusão digital. O objetivo é promover a cidadania em territórios de vulnerabilidade social das cidades brasileiras.

O Centro de Artes e Esportes Unificados do Recanto das Emas está com a estrutura física pronta e conta com salas multiuso, biblioteca, cineteatro/auditório com 60 lugares, quadra poliesportiva coberta, pista de skate, equipamentos de ginástica, playground e pista de caminhada, em uma área de 3 mil metros quadrados. A previsão é que a unidade seja inaugurada em outubro.

No Distrito Federal, o centro integrará ações das Secretarias do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos; da Cultura; do Esporte e Lazer; da Educação; além da administração regional e do apoio da colaboradora do governo Márcia Rollemberg. “É um projeto que estamos construindo para ser piloto de integração de políticas públicas, que funcionam de maneira isolada. Estamos construindo algo que já vai nascer integrado”, destaca o subsecretário de Direitos Humanos do Distrito Federal, da Secretaria do Trabalho, Coracy Coelho.

Como funcionam os centros de artes e esportes unificados

A gestão dos CEUs é compartilhada entre o governos local e a comunidade. O grupo gestor fica encarregado de criar um plano de gestão e conceber o uso e programação dos locais. Os projetos arquitetônicos foram desenvolvidos por uma equipe multidisciplinar e interministerial que concebeu três modelos previstos para terrenos com dimensões mínimas de 700, 3 mil e 7 mil metros quadrados.Trezentos e cinquenta e sete CEUs estão sendo construídos no Brasil, com unidades já inauguradas em todas as regiões do País.

As instituições menores estão orçadas em R$ 2,71 milhões. As de 3 mil metros quadrados têm valor estimado em R$ 2,02 milhões, enquanto as maiores custam aproximadamente R$ 3,5 milhões.

 

1ª Oficina de Mobilização Social
Em 2 de julho (sábado)
Das 15 às 18 horas
No Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) do Recanto das Emas, na Quadra 113, Lote 9


Fonte: Agência Brasília

  • Acesse o Portal do Governo do Distrito Federal
  • SEPN Quadra 515, Lote 2, Bloco B Ed. Espaço 515 - Asa Norte
    CEP: 70.770-502
    Transferência de Renda e Cadastro único: 37737251/37737242/37737249
    Subsecretaria de Assistência Social: 3773-7248
    Ouvidoria: 3773-7183