Governo do Distrito Federal
11/04/22 às 15h58 - Atualizado em 11/04/22 às 15h58

GDF cria equipe de atendimento socioassistencial itinerante

Profissionais vão atuar nas comunidades mais vulneráveis, com foco nas áreas rurais do Distrito Federal

 

Mais uma grande inovação da Política de Assistência Social brasiliense. A partir de agora, a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) implanta o atendimento itinerante. Por meio da equipe volante, os profissionais fazem intervenções nas comunidades mais vulneráveis do Distrito Federal que têm dificuldade de deslocamento até os Centros de Referência de Assistência Social (Cras).

 

“A gente estava precisando muito, pois moramos muito distante da cidade. Sair da chácara para ir ao Cras, resolver as coisas e voltar levava, praticamente, um dia todo para nós”, conta a dona de casa Josefa Araújo, 32 anos, moradora da zona rural de Brazlândia.

 

A partir de agora, nove agentes sociais vão fazer buscas ativas e prestar serviços socioassistenciais, como inclusão ou atualização no Cadastro Único, às famílias moradoras dessas localidades, bem como comunidades indígenas, quilombolas e em assentamentos.

 

As próximas ações da equipe volante estão previstas para Brazlândia e São Sebastião: servidores percorrerão as regiões em busca dos moradores pré-agendados para o Cras | Foto: Renato Raphael/Sedes

“Apesar dos 29 Cras espalhados pelo DF, essas famílias ainda têm muitas dificuldades no deslocamento. Adaptamos o serviço feito na unidade para levá-lo diretamente ao cidadão”, destaca a assistente social da Sedes Kariny Alves. “Ainda assim, vamos referenciá-las a um local físico para que elas saibam para onde se encaminharem ao buscar pelo atendimento socioassistencial”, completa.

 

De acordo com Kariny, a equipe existe desde dezembro do ano passado em formato experimental. As ações mais recentes ocorreram em 25 de março e 6 de abril, quando a equipe volante foi ao encontro de mais de 100 pessoas nas zonas rurais de Planaltina e Brazlândia. Outros quase 150 agendamentos estão programados para a próxima semana. Ocorreram, ainda, ações nos assentamentos Nelson Mandela e Doroty Stang, em Sobradinho, entre outros, totalizando cerca de 1,8 atendimentos diversos.

 

As ações de abril estão previstas para Brazlândia e São Sebastião. Um vez por semana, os servidores seguem para uma localidade predefinida, onde percorrem a região em busca dos moradores pré-agendados para o Cras da região.

 

Apesar de a equipe volante ser um serviço regulamento pelo Sistema Único de Assistência Social (Suas), o formato adotado pelo GDF é considerado pioneiro, pois, além dos agentes sociais, o grupo projeta contar, futuramente, com psicólogos e assistentes socais.

 

A Diretoria de Atenção Integral às Famílias da Sedes, responsável pela iniciativa, está em contato com o Ministério da Cidadania para mais orientações sobre a execução do serviço, formalização e discussão de procedimentos para captação de recursos federais.

 

Ádamo Dan

  • Acesse o Portal do Governo do Distrito Federal
  • SEPN Quadra 515, Lote 2, Bloco B Ed. Espaço 515 - Asa Norte
    CEP: 70.770-502
    Transferência de Renda e Cadastro único: 37737251/37737242/37737249
    Subsecretaria de Assistência Social: 3773-7248
    Ouvidoria: 162
Governo do Distrito Federal