Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/05/15 às 12h40 - Atualizado em 29/10/18 às 11h44

Entidades civis de Ceilândia querem a construção de um Centro Pop na região

Espaço é centro de convivência e amparo para população em situação de rua

Brasília (30/04/2015) – A construção de um Centro de Referência Especializado para população em situação de rua (Centro Pop) em Ceilândia, foi a principal reivindicação apresentada por representantes da sociedade civil, servidores públicos e entidades religiosas e filantrópicas que se reuniram nesta quinta-feira (30), no auditório da Universidade de Brasília (UnB), Campus Ceilândia, para dialogarem sobre políticas públicas efetivas nas áreas de assistência social, proteção e vulnerabilidade social, saúde e igualdade de direitos.

 

O secretário de Desenvolvimento Humano e Social (Sedhs), Marcos Pacco, participou do diálogo e ouviu dos presentes que a principal preocupação hoje é com a população em situação de rua. Ele informou que já existe um diálogo com os diretores da Casa Santo André (entidade conveniada à Sedhs) para a instalação do Centro Pop em Ceilândia, ainda neste ano.

 

O Centro Pop é uma unidade da Sedhs, que disponibiliza espaço para higiene pessoal, lavagem de roupas, guarda de pertences, convivência e acompanhamento especializado de assistentes sociais, psicólogos e educadores sociais às pessoas que se encontram em situação de rua.

 

O secretário destacou que, mesmo diante da situação financeira delicada vivida pelo governo de Brasília, não haverá redução nas verbas para área de assistência e proteção social. Inclusive, há previsão da inauguração de mais três unidades de acolhimento, equipamentos que garantem condições de estadia, convívio e endereço de referência para pessoas em situação de rua e desabrigo por abandono, migração e ausência de residência, ou pessoas em trânsito e sem condições de auto sustento.

 

O educador social, Everardo Aguiar, considerou o encontro positivo. “É muito importante essa aproximação entre as secretarias e as redes sociais locais, porque essas redes são ambientes de colaboração, são ambientes de afetividade. E essa afetividade gera efetividade da política pública”, declarou. 

                    Foto: Wellington Reis – Ascom/Sedhsfoto unb certa2

O encontro, organizado pela Rede DF em Movimento, acontece sempre na última quinta-feira do mês e tem como objetivo analisar as políticas públicas que tratam da juventude, da mulher, da população em situação de rua, da violência doméstica, da cultura local e da diversidade.

  • Acesse o Portal do Governo do Distrito Federal
  • SEPN Quadra 515, Lote 2, Bloco B Ed. Espaço 515 - Asa Norte
    CEP: 70.770-502
    Transferência de Renda e Cadastro único: 37737251/37737242/37737249
    Subsecretaria de Assistência Social: 3773-7248
    Ouvidoria: 3773-7183