Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
24/10/13 às 20h24 - Atualizado em 29/10/18 às 11h44

DF sediará 12º Festival Lixo e Cidadania

DF sediará 12º Festival Lixo e Cidadania

Pela primeira vez na capital, Festival valoriza o catador de material reciclável

Banner Lixo e Cidadania

Entre os dias 28 e 31 de outubro, Brasília será também a capital da reciclagem, ao discutir temas relacionados às principais questões de interesse de catadores e catadoras de materiais recicláveis de todo o país. A 12ª Edição do Festival Lixo e Cidadania contará com oficinas, palestras, exposição de artistas que trabalham com materiais que foram descartados pela sociedade, além de intervenções culturais voltadas ao público-alvo, visando valorizar e dar visibilidade ao trabalho e a criatividade desses trabalhadores.

Também serão debatidos temas como Sustentabilidade, Educação Ambiental, Inclusão Social dos catadores, Gestão Integrada e Logística Reversa para Resíduos Sólidos, que serão abordados em oficinas plenárias temáticas, realizadas ao longo do evento. Estimativas realizadas pelo IPEA indicam que o universo de trabalhadores na catação de materiais recicláveis no Brasil, gira em torno de 600 mil pessoas, sendo 5 mil somente no Distrito Federal.

A expectativa dos realizadores é de que participem do Festival cerca de 10 mil pessoas ao longo dos 4 dias do evento, que também terá, paralelamente, uma programação cultural diversificada, com apresentações musicais e teatrais, com figurinos produzidos de material reciclado, e exposições de artesanato e de objetos artísticos com materiais reciclados.

As inscrições para o evento são gratuitas, e podem ser realizadas até o dia 28 de Outubro, pelo site www.festivallixoecidadaniadf.com.br. Vagas limitadas.

Serviço:

Data: de 28 a 31 de outubro de 2013

Local: Bay Park Resort Hotel – SHTN, Trecho 2, Conjunto 5 – Projeto Orla – Brasília/DF

Mais informações: Ascom Sedest 8407 8841

 

Programação Cultural Lixo e Cidadania

Abertura do Festival

28/10 – a partir das 20h

 

GOG  

Gog divulgacao 1

Foto de divulgação

Natural de Sobradinho (DF), Genival Oliveira Gonçalves tem trinta anos de carreira e é o principal difusor da cultura periférica do Distrito Federal no Brasil. O primeiro rapper brasileiro a lançar seu próprio selo musical, GOG é um reconhecido militante nos movimentos sociais, autor do livro “A Rima Denuncia”, que conta com 48 letras de rap. O Rapper e escritor possui importantes parcerias na música popular brasileira, tais como Lenine, Maria Rita, Gerson King Combo e outros. GOG iniciou sua história musical em lazeres de quadra, festas de amigos e bailes do Guará (DF). Com 10 discos gravados, o rapper está envolvido em projetos em que representa a sociedade civil organizada e, atualmente, é conselheiro no Conselho de Desenvolvimento Social do Distrito Federal – CDES – DF, também do Conselho Nacional de Políticas Culturais do Ministério da Cultura.

 

Patubatê  

PATUBATE

Foto de divulgação

Patubatê surgiu em Brasília em 1999, com influência dos trabalhos dos norte-americanos Stomp e Blue Man Group e Hermeto Pascoal. O grupo une criatividade à valorização dos ritmos brasileiros. As performances com percussão em sucatas e música eletrônica incluem ritmos brasileiros e estrangeiros com timbres eletrônicos. Os músicos já levaram seus shows performáticos a todos os estados do Brasil e alguns países como Estados Unidos, Portugal, Espanha e Polônia. Em outubro de 2011, o Patubatê participou do Festival da Lusofonia e Semana Cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa, em Macau, com shows e oficinas, onde os músicos ensinam a construir instrumentos com material reciclável e a tocar ritmos brasileiros. De maneira lúdica, incentivam o consumo consciente e a melhora da qualidade de vida no planeta. Patubatê representou Brasília na Arena Socioambiental – Palco Sonoro Brasil na Rio+20.?

 

Atividades Culturais – 29/10

Roupa de Ensaio – 10h  

Roupa de ensaio

Foto de Divulgação

A CIA Teatral Roupa de Ensaio foi criada em julho de 2000 com o objetivo de desenvolver pesquisa da linguagem teatral e de criar um espaço de discussão a partir da montagem e produção de espetáculos para os diversos públicos.  A companhia realiza oficinas de iniciação teatral em cidades do Distrito Federal em parceria com instituições que acreditam na arte como instrumento de formação e transformação. Participa também de eventos culturais, como o Festival Internacional de Bonecos de Brasília/DF, Festa de Teatro Internacional de Angra dos Reis/RJ, Festival de Teatro de Curitiba/PR, FESTSESI/DF, Mostra Zezito de Circo/DF, Festival de Inhamuns/ CE.

 

CELIA RABELO – 16h  

foto 4

Foto de divulgação

Célia Rabelo tem como foco trabalhar a comunicação numa abordagem informal e direta em seu repertório popular. Atualmente, divulga o CD “Tudo Bem” e se prepara para 2014 um novo projeto. A artista brasiliense participa de vários projetos culturais da cidade, tais como: Congressos, Dia do Trabalhador, Orquestra Sinfônica da Base Aérea de Brasília, Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro, Biblioteca Demonstrativa de Brasília, Clube do Choro de Brasília, Projetos Outras Bossas, Clube da Bossa de Brasília, Correios/Postalis, Sarau da Câmara dos Deputados, Sarau do Iate Clube de Brasília, Sarau “Seu Chatô” do Correio Braziliense, Cota Mil e diversos clubes de Brasília, Orquestra de Senhoritas, MPB Petrobrás, Projeto Cultural Viva A Arte,  Orquestra Night And Day da Tocata Produções, entre outros.

 

30/10

Batunkejé – 10h  

batuquenje

Foto de Divulgação

O grupo Cultura Batunkejé foi criado em 2006, na Finlândia, idealizado pelo músico e agente cultural de Brasília Célio Zidório. O grupo tem como missão divulgar e promover a inclusão da cultura social brasileira dentro e fora do país. Com uma centena de integrantes entre  adultos, crianças, idosos e pessoas com deficiência; o Batukenjé já realizou apresentações em festivais na Finlândia, no Quênia, Ghana e Guiné – Bissau. Batidas de funk, soul, samba-reggae, xote e maracatu compõem o estilo musical do grupo, que inova ao reaproveitar materiais que iriam para o lixo, tornando-os instrumentos de música. Atualmente, o Batukenjé ensaia aos domingos no Parque da Cidade, além de desenvolver trabalhos sociais com crianças em situação de vulnerabilidade social na Estrutural e na Vila Telebrasília.

 

Félix Júnior – 16h  

Felix jr

Foto de divulgação

Iniciou o aprendizado de violão aos 9 anos de idade com o seu pai, professor Félix, em Pirapora-MG. Mudou-se para São Paulo onde estudou Violão Clássico com o maestro e concertista Francisco Araújo. Ainda em São Paulo, aperfeiçoou o cavaquinho com o professor e cavaquista de 5 cordas, Inácio de Oliveira. Aos 14 anos,  conquistou o 4º lugar no 2º Festival Nacional de Choro com uma música de sua autoria. No ano seguinte, mais duas composições suas conquistaram o 2º e 3º lugares no mesmo festival. Pelo Clube do Choro de Brasília, já tocou com grandes nomes da MPB como: Altamiro Carrilho, Joel Nascimento, Osvaldinho do Acordeom, Turíbio Santos, Jorge Cardoso, Gabriel Grossi, Dirceu Leite, Dominguinhos, Daniela Spielman, Eduardo Neves, Bebe Kramer, Hamilton de Holanda, os Cariocas e Yamandú Costa. Félix Junior atualmente reside em Brasília (DF) e é considerado pela crítica como revelação dos violonistas de sete cordas no Brasil. Em 2011, lançou o Disco Pegando Fogo e, em 2012, o Quando as Cordas Choram.

 

Show de encerramento 30/10 – a partir das 20h

RENATA JAMBEIRO

Renata Jambeiro

Foto de divulgação

Renata Jambeiro, brasiliense nata é cantora, atriz e preparadora corporal. Formada em Artes Cênicas pela Universidade de Brasília (UnB), começou sua trajetória artística aos 9 anos estudando balé, seguido de dança de rua, jazz, dança de salão e se firmando na dança contemporânea. Iniciou o estudo de teatro musical aos 16 anos, e aos 20, ingressou nos palcos profissionais, acumulando em seu currículo mais de 20 espetáculos de teatro e dança como atriz, preparadora corporal, co-diretora  e/ou coreógrafa, 2 álbuns, além de 1 DVD. Renata Jambeiro é, em sua essência, porta-voz da ancestralidade africana, unificando música, teatro e dança, fazendo arte nos palcos do mundo.

 

BEBETO CERQUEIRA E BANDA

Bebeto Cerqueira

Foto de divulgação

Bebeto Cerqueira é cantor, ator, produtor cultural e artístico. Com 18 anos de experiência, Bebeto já compôs vários sucessos do Axé Music. Entre suas parcerias estão os grupos Timbalada, Harmonia do Samba e a cantora Mariene de Castro. Já atuou em campanhas temáticas sobre as belezas de sua terra natal: Bahia. Atualmente, o músico mora em Brasília, onde realiza o projeto também de sua autoria “Salve Samba de Roda”, que tem como objetivo apresentar o samba de roda e a swingueira da Bahia.

 

  • Acesse o Portal do Governo do Distrito Federal
  • SEPN Quadra 515, Lote 2, Bloco B Ed. Espaço 515 - Asa Norte
    CEP: 70.770-502
    Transferência de Renda e Cadastro único: 37737251/37737242/37737249
    Subsecretaria de Assistência Social: 3773-7248
    Ouvidoria: 3773-7183