Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/11/21 às 9h07 - Atualizado em 9/11/21 às 15h10

Cidadão pode contribuir com política de segurança alimentar e nutricional

 

Pré-conferência ocorre em 11 de novembro. Para participar, basta preencher o formulário de inscrição disponível no site da Sedes

 

Estão abertas as inscrições para a Pré-Conferência Distrital de Segurança Alimentar e Nutricional, em 11 de novembro. O encontro é aberto ao público. Para participar, basta preencher o formulário de inscrição disponível no site da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes). Essa é a oportunidade de a população do DF avaliar e contribuir para aprimorar a política e sugerir novas medidas a serem tomadas nos próximos dois anos.

 

“Esse é um espaço muito importante de diálogo mais próximo, entre a sociedade civil e o governo, sobre os programas e ações implementados no DF para assegurar o Direito Humano à Alimentação Adequada”, destaca a subsecretária de Segurança Alimentar e Nutricional, Karla Lisboa. “São as propostas debatidas na pré-conferência que vão ser levadas ao encontro distrital para serem aprimoradas e apresentadas à gestão, visando à implementação”, conclui.

 

O evento precede a 5ª Conferência Distrital de Segurança Alimentar e Nutricional, a ser realizada em 25 e 26 de novembro de 2021, onde são debatidos temas relevantes para a política. As propostas aprovadas no encontro distrital vão orientar a construção do III Plano Distrital de Segurança Alimentar e Nutricional e a efetivação do Sistema de Segurança Alimentar e Nutricional do Distrito Federal.

 

O tema deste ano da 5ª Conferência Distrital de Segurança Alimentar e Nutricional é ‘A fome e a segurança alimentar no DF do solo ao prato: avanços e desafios para a conquista da alimentação adequada e da soberania alimentar’.

 

“Na pré-conferência, nós vamos ouvir a população, as pessoas que trabalham nos equipamentos públicos e privados de segurança alimentar e nutricional, os gestores, a academia, os usuários da política, os agricultores familiares e demais atores que vão nos orientar na construção coletiva de propostas para aprimorar a política”, reforça o presidente do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do DF (Consea-DF), José Ivan Mayer de Aquino.

 

Esse controle social, segundo ele, é fundamental para ampliar a segurança alimentar e nutricional e combater desigualdades. “Trata-se de um momento único de diálogo entre a sociedade civil e o governo, e também uma forma de resistência e luta daqueles que mais necessitam.”

 

Entre os temas que devem ser debatidos na pré-conferência e na conferência distrital estão a agricultura urbana e os benefícios socioassistenciais, como o Cartão Prato Cheio.

 

Consea-DF

 

A realização da 5º Conferência Distrital de Segurança Alimentar e Nutricional é resultado da retomada das atividades do Consea-DF. O colegiado teve as atividades interrompidas em fevereiro de 2019, assim como o Consea nacional, e ficou mais de um ano parado. O conselho no âmbito distrital voltou a funcionar em maio de 2020, com a nova gestão da Sedes, para preparar a eleição das 24 entidades da sociedade civil que, hoje, compõem o Consea-DF.

 

“São essas entidades que estão na ponta e, hoje, são responsáveis pelo controle social. São os representantes da sociedade civil que dizem se a política deve ser executada, se é viável, quais são os públicos que mais necessitam. O conselho é intersetorial e diversificado, para atingir todos os públicos”, pontuou a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha.

 

Composto por 48 conselheiros titulares e suplentes, representantes de 24 entidades da sociedade civil e de 12 órgãos do Governo do Distrito Federal (GDF), o Consea-DF é o responsável pela organização da Conferência Distrital Segurança Alimentar e Nutricional.

 

Com o resultado dessa conferência, o Consea-DF vai propor à Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional do Distrito Federal (Caisan-DF) as diretrizes e prioridades da Política e do Plano de Segurança Alimentar e Nutricional do Distrito Federal, incluindo-se os requisitos orçamentários para a execução.

 

De acordo com o secretário executivo da Caisan–DF, Felippe Augusto Gomes, as propostas aprovadas na 5º Conferência Distrital de Segurança Alimentar e Nutricional vão servir de base para ações na área pelos próximos dois anos.

 

“A ideia é que, a partir daí, a Conferência Distrital de Segurança Alimentar e Nutricional seja realizada a cada quatro anos, assim como a implementação do Plano Distrital de Segurança Alimentar e Nutricional, para acompanhar o Plano Plurianual (PPA)”, explica.

 

Cynthia Ribeiro

  • Acesse o Portal do Governo do Distrito Federal
  • SEPN Quadra 515, Lote 2, Bloco B Ed. Espaço 515 - Asa Norte
    CEP: 70.770-502
    Transferência de Renda e Cadastro único: 37737251/37737242/37737249
    Subsecretaria de Assistência Social: 3773-7248
    Ouvidoria: 3773-7183