Governo do Distrito Federal
31/08/22 às 17h52 - Atualizado em 6/10/22 às 9h55

Cartão Prato Cheio será ampliado para 87 mil famílias a partir de setembro

Pagamento da parcela de setembro será nesta quinta-feira (1º) para 86.983 beneficiários; Sedes também paga parcela de agosto do DF Social para 58.231 famílias vulneráveis

 

O Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Secretária de Desenvolvimento Social (Sedes), vai incluir, a partir de setembro, 27.068 novos beneficiários no Cartão Prato Cheio. Com as novas inclusões, o programa amplia de 60 mil para 86.983 o número de pessoas que recebem mensalmente o crédito de R$ 250 para a compra de alimentos. O benefício vale por nove meses.

 

Durante nove meses, as mães chefes de família, público prioritário do programa, podem utilizar o Cartão Prato Cheio para fazer compras no comércio local | Foto: Renato Raphael/Sedes

O pagamento do benefício está previsto para esta quinta-feira (1º). O Cartão Prato Cheio não está habilitado para a função saque e só pode ser utilizado no comércio de produtos alimentícios. Dentre os 27.068 novos beneficiários do programa, 16.797 estão recebendo o Prato Cheio pela primeira vez.

Além do Prato Cheio, a secretaria também liberou o pagamento da parcela de agosto do DF Social. São 58.231 beneficiários do programa, que concede benefício mensal de R$ 150 para as famílias do Distrito Federal com renda per capita de até meio salário mínimo, inscritas no Cadastro Único.

 

DF Social

 

Para participar do DF Social, não é necessário solicitar a inclusão no programa. Caso o cidadão preencha todos os pré-requisitos, ele estará apto a receber o benefício, conforme priorização das famílias e compatibilidade orçamentária.

 

A previsão orçamentária do DF Social atende cerca de 70 mil famílias. Mas há beneficiários que foram contemplados e não recebem o dinheiro porque não abriram a conta social no Banco de Brasília (BRB).

Segundo a secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra, atualmente, são 11.769 pessoas nesta situação. “Por isso, reforço a importância de o cidadão fazer a consulta no site GDF Social e confirmar se está ou não entre os contemplados”, pontua.

 

No portal GDF Social (acesse aqui), o cidadão deve escolher a opção “Consulta DF Social”, informar CPF e data de nascimento. Após esse procedimento, aparece mensagem na tela informando se a pessoa está ou não na lista de contemplados. “Caso você atenda aos critérios de concessão do DF Social e esteja com o Cadastro Único atualizado, mas , se seu nome não aparece no site, aguarde a liberação do benefício”, enfatiza a gestora.

 

Prato Cheio

 

Em setembro, 16.797 mil novos beneficiários vão receber pela primeira vez o Prato Cheio. Mas atenção: para ter acesso ao crédito, essas pessoas precisam retirar o cartão nas agências do BRB. Só com este cartão os beneficiários têm acesso ao recurso. As informações sobre a data e o local da retirada do cartão devem ser consultadas no site GDF Social.

 

Para os 10.271 novos contemplados que já receberam o Prato Cheio em ciclo anterior, basta utilizar o mesmo cartão. Em caso de extravio do documento, o beneficiário deve solicitar um novo cartão em uma das agências do BRB.

 

O Prato Cheio beneficia famílias em situação temporária de insegurança alimentar e nutricional. Durante nove meses, as mães chefes de família, público prioritário do programa, podem utilizar o Cartão Prato Cheio para fazer compras no comércio local.

 

“Ressalto que o Prato Cheio não é um programa de transferência de renda. O benefício é concedido por um período determinado para dar suporte às famílias vulneráveis em um momento de crise. Por isso, a renovação não é automática”, reforça Ana Paula Marra. “O beneficiário deve fazer uma nova solicitação e passar por atendimento socioassistencial. Dessa forma, poderemos atender todas as famílias que precisam.”

 

Têm prioridade para receber o benefício as famílias monoparentais chefiadas por mulheres com crianças de até 6 anos de idade e aquelas que têm na composição familiar pessoas com deficiência ou idosas, além das pessoas em situação de rua, acompanhadas por equipes da assistência social e em processo de saída dessa condição.

 

Calendário de retirada

 

Os cartões foram distribuídos de acordo com a letra inicial do nome dos novos beneficiários e colocados em ordem alfabética. Para consultar o local e data de retirada, basta acessar este link.

Cronograma de entrega dos cartões (16.797 cartões) nas agências do BRB:

 

→ 1º/9: nomes com iniciais de A a C.
→ 2/9 : nomes com iniciais de D a H
→ 5/9 : nomes com iniciais de I a L
→ 6/9 : nomes com iniciais com M
→ 8/9 : nomes com iniciais de N a R
→ 9/9 : nomes com iniciais de S a Z.

  • Acesse o Portal do Governo do Distrito Federal
  • SEPN Quadra 515, Lote 2, Bloco B Ed. Espaço 515 - Asa Norte
    CEP: 70.770-502
    Transferência de Renda e Cadastro único: 37737251/37737242/37737249
    Subsecretaria de Assistência Social: 3773-7248
    Ouvidoria: 162
Governo do Distrito Federal