Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/03/13 às 22h39 - Atualizado em 29/10/18 às 11h44

Audiência Pública discute políticas públicas que promovem a autonomia das mulheres

Foi realizada nesta sexta-feira, Dia Internacional da Mulher (8), na Câmara Legislativa, audiência pública para discutir políticas públicas que promovam a autonomia das mulheres. A iniciativa dos deputados distritais Arlete Sampaio e Wasny de Roure contou com a presença do secretário de Desenvolvimento e Transferência de Renda do DF, Daniel Seidel, da Deputada Federal Erika Kokay (PT), da secretária da Mulher, Olgamir Amancia, da representante do Fórum de Promotoras Legais Populares (PLP) do DF e Conselheira do CDM/DF, Cíntia Mara Dias Custódio, além de representantes de organizações da sociedade civil. Durante a audiência, 39 mulheres foram homenageadas por sua relevante contribuição em prol da organização e luta em defesa das mulheres. 

SED 5257

A Deputada Distrital Arlete Sampaio comentou sobre a realidade das mulheres no país. “A violência doméstica e familiar, a desigualdade de oportunidades e tratamento no mundo do trabalho, a sub-representação das mulheres na política, a negação de seus direitos sexuais e reprodutivos e até pautas mais estruturais, como a divisão sexual do trabalho, são algumas das questões que precisam ser superadas, o que só poderá ser feito por meio de transformações estruturais. Nesse aspecto, a luta por autonomia vincula-se profundamente à luta por igualdade – entre mulheres e homens e entre todas as mulheres. Portanto, uma agenda de políticas públicas que vise à promoção da autonomia das mulheres deve necessariamente promover a construção da igualdade”, declarou. 

SED 5245

 

Daniel Seidel destacou o compromisso do GDF em avançar ainda mais na elaboração e efetivação de políticas voltadas para as mulheres, especialmente as catadoras, também homenageadas na cerimônia. “Temos que reconhecer as mulheres catadoras, pois é por meio da luta diária e experiência delas que é recolocado no mercado aquilo que para muitos não serve para uso. Essas mulheres são verdadeiras agentes ambientais. Nessa perspectiva de reconhecimento, temos que trabalhar para torná-las sujeitas de direitos. Para isso, queremos concluir o compromisso de entrega dos galpões. Além disso, serão implementadas políticas públicas específicas em atenção às necessidades delas enquanto mães, ampliando espaços de triagem para receber também seus filhos”, reforçou. 

A secretária da Mulher, Olgamir Amancia, falou sobre a importância de ações integradas entre as políticas para o atendimento às mulheres do DF. “Articulamos com a Secretaria de Trabalho o Prospera Mulher, para oferecer microcrédito orientado às mulheres que pretendem abrir o próprio negócio. Na área de Saúde, temos o Rede Mulher, com o trabalho da orientação, e a Unidade Móvel de Saúde da Mulher, que realiza, gratuitamente, nas regiões mais vulneráveis do DF, exames de mamografia, ecografia e preventivo de câncer do colo do útero. Essa ação com a Secretaria de Saúde tem sido um sucesso. A primeira carreta, inaugurada há um ano, já realizou mais de 32 mil exames em 22 regiões do Distrito Federal. Não temos mais filas de espera por mamografia”, afirmou. 

SED 5285

De acordo com o Deputado Distrital e Presidente da Câmara Legislativa, Wasny de Roure, “embora existam leis e políticas, não podemos deixar de reconhecer que as mulheres vivem hoje situações muitas vezes contraditórias, apesar de todas as conquistas. A Lei Maria da Penha foi uma das maiores conquistas da legislação brasileira, em benefício das mulheres agredidas. Entretanto, como se explica o aumento do número de mortes, justamente nos últimos 10 anos, quando 43,700 mil mulheres foram mortas em todo Brasil, com incremento maior no ano de 2010?”, questionou. 

Um minuto de silêncio – Ao relembrar a violência crescente que acomete as mulheres no país, Arlete Sampaio citou o assassinato da jovem Fernanda Grasielly de Almeida Alves, brutalmente esfaqueada por seu ex-marido em seu local de trabalho, uma loja de um shopping da cidade. Em nome da Fernanda, os deputados e demais presentes silenciaram por todas as vítimas de violência.

SED 5227Homenagem – Na oportunidade, o Secretário Daniel Seidel entregou às catadoras certificado da Secretaria de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda, agradecendo a todas pela contribuição social e com o meio ambiente.

Conheça as homenageadas:

– Aliomar Rita Souza de Oliveira, da ASTRADASM;

– Alessandar Alves Lopes, da APCORB;

– Maria do Socorro Celestino de Souza, da ACOPLANO;

– Maria das Graças da Silva, da CATAGUAR;

– Maria de Fatima Martins dos Santos, da CORTRAP;

– Maria Tatiane Barros, da SUPERAÇÃO

– Nivia Souza Trindade, da RECICLO;

– Raimunda Alves Ribeiro, da COOPERFENIX;

– Adriana Alves Soares, da COOPERE;

– Maria da Conceição Brito, da CONSTRUIR;

– Antônia Cardoso Abreu, da CATAMARE;

– Luzia Borges, da ACAPAS;

– Claudia Maria Alves de Morais, da RECICLA A VIDA;

– Ana Carla, da CRV.

883328 515684818473300 1711684734 o

 

                       

 

  • Acesse o Portal do Governo do Distrito Federal
  • SEPN Quadra 515, Lote 2, Bloco B Ed. Espaço 515 - Asa Norte
    CEP: 70.770-502
    Transferência de Renda e Cadastro único: 37737251/37737242/37737249
    Subsecretaria de Assistência Social: 3773-7248
    Ouvidoria: 3773-7183