Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/09/15 às 20h23 - Atualizado em 29/10/18 às 11h44

Virada do Cerrado no Restaurante Comunitário de Brazlândia

COMPARTILHAR

O evento contou com exposição de frutos típicos, doação de mudas nativas e apresentação de receitas culinárias.

Brasília (11/9/2015) – A manhã desta sexta foi intensa no Restaurante Comunitário de Brazlândia. Exposição de frutos típicos, apresentação e doação de mudas nativas e explicações sobre valores nutricionais dos alimentos do cerrado fizeram parte de um projeto de Educação Alimentar e Nutricional (EAN) realizado, hoje, no espaço. O evento fez parte da “Virada do Cerrado”, uma série de programações que celebram o dia do cerrado.

Edson Gês – Ascom/Sedhs
SED 9209

O evento no RC de Brazlândia foi uma iniciativa das nutricionistas da Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social (Sedhs), e contou com o apoio do Instituto Brasília Ambiental (Ibram), fornecendo materiais informativos, e da Secretaria de Agricultura (Seagri), que cedeu frutas típicas para demonstração e 100 mudas de plantas nativas do cerrado, que foram entregues aos usuários do restaurante.

Edson Gês – Ascom/Sedhs
SED 9219

Sementes de árvores nativas como: vinhático, braúna, saboneteira, ipê, copaíba, jatobá-da-mata foram doadas à população, para serem cultivadas. Os frequentadores do RC também puderam ver e conhecer frutos do cerrado, como: jenipapo, buriti, pitomba, cagaita, chica. O objetivo era aproximar a população dos alimentos típicos do bioma.

Edson Gês – Ascom/Sedhs
SED 9232

Fraça Freira, frequentadora do Restaurante Comunitário, aprovou a iniciativa e aproveitou a oportunidade: “É necessário recuperar essa cultura do cerrado. As crianças de hoje não conhecem esses alimentos, especialmente os medicinais e é importante apresentar a elas. Vou levar e mostrar as receitas para minha família”, disse.

Edson Gês – Ascom/Sedhs
SED 9251

Outra iniciativa do projeto foi a entrega de folders com informações e valores nutricionais dos alimentos e que continham, também, receitas culinárias com produtos do cerrado. Paula Nogueira, nutricionista da Sedhs, ressaltou a importância da iniciativa: “É importante mostrar para a população os alimentos regionais, especialmente para as crianças. Muitas pessoas de mais idade reconhecem o alimento, mas as crianças, não. As receitas vão incentivar o consumo dos alimentos, que são muito bons e contém altos valores nutricionais”.

Edson Gês – Ascom/Sedhs
SED 9254

Bruna Gabriela, outra nutricionista responsável pelo projeto, também afirmou a importância das receitas e do projeto: “Queremos incentivar os avôs, as avós, a passarem essas informações que eles conhecem a outras gerações, através das receitas, dos folders que explicam os valores nutricionais”, falou Bruna. “As pessoas precisam habituar o paladar delas com os alimentos do cerrado”, concluiu. 

Sextas Culturais

O evento desta manhã também marcou a abertura do programa “Sextas Culturais”. A partir de hoje, todos os Restaurantes Comunitários do Distrito Federal terão eventos culturais às sextas-feiras.

A programação será bem variada, com apresentações musicais, saraus, exposições de arte e artesanato, palestras, entre outros.

Os Restaurantes Comunitários de Sobradinho II, da Estrutural, da Ceilândia e de São Sebastião já tiveram suas estreias hoje, assim como o de Brazlândia.

O objetivo é promover acesso à cultura aos usuários dos restaurantes, enquanto cuidam da segurança alimentar e nutricional.