Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/09/15 às 18h32 - Atualizado em 29/10/18 às 11h44

Sessão solene marca Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência

COMPARTILHAR

O dia é comemorado todos os anos, visando reflexões e ações de luta pela inclusão.

Brasília (22/9/2015) – O secretário de Desenvolvimento Humano e Social, Marcos Pacco, participou da sessão solene em comemoração ao Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência, realizada ontem (21), no plenário da Câmara Legislativa do DF.

Foto: Wellington Reis – Ascom/Sedhs
SED 1923-2

Marcos Pacco falou sobre o Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência – Viver sem Limite, do governo federal. Lançado em 2011, o plano visa implementar novas iniciativas e intensificar ações já existentes em benefício das pessoas com deficiência. “O programa nacional Viver sem Limites é um exemplo de consolidação dos direitos das pessoas com deficiência”, declarou o secretário.

Diversas organizações sociais de luta pelos direitos das pessoas com deficiência foram representadas na sessão. E um ponto comum defendido nas falas dos representantes, além da questão da conscientização dos direitos, foi a acessibilidade, principalmente, no que tange aos cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida. Calçadas acessíveis, piso rebaixado e rampas são necessidades que pulam aos olhos pelas ruas da cidade.

Foto: Wellington Reis – Ascom/Sedhs
SED 1793

Outro ponto bem frisado foi o acesso aos ônibus e ao transporte coletivo em geral. “Precisamos sensibilizar os empresários de transporte. O argumento da acessibilidade deve ser maior que o da estética”, defendeu Paulo Becker, coordenador de Promoção dos Direitos de Pessoas com Deficiência.

Erivaldo Pereira, vice-presidente da União das Pessoas com Deficiência, afirmou que “algumas empresas de transporte coletivo, como a Marechal e a URBTrans garantem bom atendimento aos deficientes, enquanto em outras, a acessibilidade é inexistente. A fiscalização deve ser rigorosa e urgente”, finalizou.

O Dia

O Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência foi instituído em 1982, em um encontro nacional da área. Foi escolhido o dia 21 de setembro, como o dia de comemoração, pela proximidade com a primavera e com o dia da árvore, numa representação do nascimento das reinvindicações de cidadania e participação plena em igualdade de condições.

A data foi oficializada através da Lei Federal nº 11.133, de 14 de julho de 2005.

Desde então, esta data é comemorada e lembrada em todos os estados do Brasil. Serve como um momento de reflexão e busca de novos caminhos e, também, como forma de divulgar as ações de luta pela inclusão.