Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/06/16 às 18h58 - Atualizado em 29/10/18 às 12h07

Sedestmidh presta vários serviços para idosos no DF

COMPARTILHAR

rtyu6ui

A PNAD – Pesquisa Nacional de Amostras por Domicilio – 2012 contabilizou aproximadamente 326 mil pessoas idosas, o equivalente a 12,8% da população total do Distrito Federal.

O percentual de violência apresentado no Mapa da Violência Contra Idosos (Central Judicial do Idoso, 2013-2014) demostra que os maiores índices de violência contra pessoas idosas se concentram nas Regiões Administrativas de Ceilândia, com 18,20%, Brasília, com 11,13% e Taguatinga, com 11,02%.

As tipologias de violência mais frequentes são a negligência, a violência psicológica, o abuso financeiro/econômico e a violência patrimonial.

A Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Sedestmidh) presta vários serviços ao idoso no DF, com instituições parceiras, tais como, o Conselho dos Direitos da Pessoa Idosa (CDI) e a Coordenação de Pessoas Idosas (CODIPI), e também por meio de suas unidades próprias: os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), os Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e os Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS).

Além disso, a UNAI – Unidade de Acolhimento para Idosos, UNAM e UNAF são unidades de acolhimento da Sedestmidh. E há também unidades de acolhimento conveniadas, tais como, a Casa do Candando, o Instituto Integridade – Maria Madalena, as Obras Assistenciais Centro Espírito Irmão Jorge e a Associação São Vicente de Paulo – Lar dos Velhinhos. Juntas acolhem mais de 240 idosos.