Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/09/12 às 18h10 - Atualizado em 29/10/18 às 11h42

SEDEST promove encontro de catadores de materiais recicláveis com o artista plástico Vik Muniz

COMPARTILHAR

(17/06/2011 – 17:25)

 

 

Nesta segunda-feira (13), a secretária Arlete Sampaio se encontrou com o artista plástico Vik Muniz, catadores e catadoras de materiais recicláveis como o presidente da Central de Cooperativas de Catadores de Materiais Recicláveis do DF (CENTCOOP), Roney Alves da Silva, Jaqueline de Sousa Silva, Fernando Silva da Costa, Alex Pereira dos Santos, Maria do Socorro Celestino de Souza, Adriana Alves Soares, Jean Carlos de Jesus e a coordenadora do Comitê Interministerial para a Inclusão Social e Econômica dos Catadores de Materiais Reutilizáveis e Recicláveis (CIISC – MDS/MMA), Jaira Maria Alba Puppim. O encontro ocorreu no Espaço Cultural Contemporâneo – ECCO, onde está a exposição “Vik Muniz 3D”.

Essa mostra de Vik Muniz, artista plástico brasileiro reconhecido internacionalmente por suas experimentações com materiais recicláveis, traz mais de 60 obras desde o final da década de 1980. Também começa a ser exibido gratuitamente no Espaço ECCO o documentário “Lixo extraordinário”, que concorreu ao Oscar deste ano na categoria melhor documentário. O filme é um relato da trajetória do lixo dispensado no Jardim Gramacho, aterro sanitário do Rio de Janeiro, e sua transformação em arte pelas mãos do artista, passando pela transformação das vidas dos catadores e catadoras de materiais recicláveis do local.

Na ocasião, o artista mostrou a exposição à secretária Arlete Sampaio, aos catadores e catadoras de materiais recicláveis e à coordenadora do CIISC, Jaira Puppim. Cada obra foi apresentada pelo próprio artista, que contextualizou, obra a obra, o processo de criação. “A transformação faz parte da vida do artista. Vocês fazem reciclagem com material. Nós fazemos com idéias. Mas, tanto o catador como o artista podem se utilizar da metáfora da arte com a reciclagem. Como os materiais se transformam, as pessoas também”, disse o artista.

As sessões do documentário serão realizadas diariamente até 30 de agosto e a SEDEST promoverá o acesso de catadores e catadoras de materiais recicláveis, tanto na exposição quanto na exibição do filme “Lixo extraordinário”.

A SEDEST promove o encontro das obras do artista Vik Muniz com os catadores e catadoras de materiais recicláveis porque acredita no poder de mobilização e transformação da arte.