Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/10/12 às 19h29 - Atualizado em 29/10/18 às 11h42

SEDEST participa de articulação para promover a inclusão de adolescentes em cumprimento de Liberdade Assistida na escola pública

COMPARTILHAR

(08/12/2011 – 16:54)

Na tarde desta quarta-feira (07), a secretária de Estado de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (SEDEST), Arlete Sampaio, assinou o Termo de Cooperação Técnica com o objetivo de desenvolver ações articuladas para execução do projeto-piloto em Ceilândia – Escola: Tô Dentro. A finalidade da articulação é promover uma melhor integração entre as políticas públicas para a garantia de direitos dos adolescentes em cumprimento da Liberdade Assistida.

A secretária Arlete Sampaio ressaltou a atenção integral do Estado. “Nosso desafio é olhar o adolescente como um ser integral. Isso exige um grande esforço para que as políticas públicas trabalhem de forma articulada”.

A promotora da PDIJ, Ana Carolina Marquez, afirmou que apenas metade dos adolescentes em Liberdade Assistida estão matriculados na escola, o que não garante que estejam frequentando-a. “O adolescente não enxerga a escola como agente transformador”, explicou a promotora.

Também assinaram o Termo de Cooperação a Promotoria de Justiça de Defesa da Infância e da Juventude de Brasília (PDIJ), as Secretarias de Estado da Criança, de Educação, os Conselhos Tutelares da Ceilândia Norte e da Ceilândia Sul.

A Ceilândia foi escolhida para iniciar essa ação por ser a cidade do Distrito Federal com o maior número de adolescentes em Liberdade Assistida.