Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/09/12 às 19h43 - Atualizado em 29/10/18 às 11h42

SEDEST participa das comemorações de 5 anos da Lei Maria da Penha e 24 da Delegacia de Atendimento à Mulher

COMPARTILHAR

(01/09/2011 – 17:57)

Na manhã desta quinta-feira, 1º de setembro, a secretária de Estado e Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (SEDEST), Arlete Sampaio, participou do I Encontro da Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) e Movimento de Mulheres do DF, realizado na sede da DEAM, na 204 sul.

O encontro teve como objetivo construir, por meio do diálogo entre a Polícia Civil do DF e as organizações das mulheres, políticas públicas de segurança que atendam melhor as mulheres. “Hoje inauguramos um novo caminho democrático, por isso convidamos todas vocês. A DEAM é de todos vocês. A DEAM é de todas nós”, disse a delegada chefe da DEAM, Mônica Loureiro.

Na ocasião, também foram comemorados os 5 anos da Lei Maria da Penha e 24 anos da DEAM. “A DEAM é fruto de uma conquista das mulheres do DF. Um instrumento que demonstra o olhar diferenciado do Estado”, declarou a secretária da Mulher da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Maria da Graça Souza.

A secretária Arlete Sampaio ressaltou a importância da Delegacia em promover o respeito à dignidade humana das mulheres. “As ocorrências da DEAM refletem o que as mulheres do DF sofrem. Devemos construir ações combinadas, com a PCDF e os movimentos das mulheres para promovermos um novo padrão civilizatório para a nossa capital”, enfatizou a secretária.

Também estiveram presentes à cerimônia a Primeira Dama, Ilza Queiroz, o secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar, as secretárias da Mulher, Olgamir Amância, Especial de Igualdade Racial, Josefina Serra, a deputada federal Érika Kokay,a deputada distrital Rejane Pitanga, a promotora do Ministério Público, Daniele Silva, a diretora geral da PCDF, Mailine Alvarenga, a subsecretária da Secretaria de Políticas para Mulheres do Governo Federal, Aparecida Gonçalves, a coordenadora do Fórum de Mulheres do DF, Leila Rebouças, a representante do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre a Mulher – NEPeM/UnB, Tãnia Montoro, e servidores da PCDF.