Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/03/13 às 21h37 - Atualizado em 29/10/18 às 11h44

Sedest lança Pronatec – Brasil Sem Miséria 2013

COMPARTILHAR

SED 7457

A Secretaria de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (Sedest), realizou hoje (22) o lançamento do Pronatec Brasil Sem Miséria 2013. Essa é uma ação integrante do Plano DF Sem Miséria referente ao terceiro eixo estruturante: inclusão produtiva, geração de renda e emprego. O evento aconteceu no Centro de Treinamento e Capacitação da Sedest, no Guará.

SED 7398

O Secretário de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda, Daniel Seidel, e a Secretária de Assistência Social, Adriana Carvalho, compuseram a mesa de abertura do evento.

Na ocasião, Adriana destacou uma novidade das ações deste ano. “Em 2013, as pessoas com deficiência serão ainda mais incluídas nos cursos do Pronatec. A Sedest acompanhará 800 beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC) para produzir um diagnóstico social. Nosso objetivo com esse estudo é identificar as barreiras que ainda impedem essas pessoas de se inserirem no mercado de trabalho e mudar essa realidade. Além disso, garantiremos aos beneficiários que, caso seja necessário, possam retornar para o programa e receber o benefício, trazendo mais tranquilidade e segurança”, enumerou.

Daniel Seidel afirmou que a Sedest mais uma vez cumpre a missão do GDF: “Governo Para Quem mais Precisa de Governo”. O Secretário disse ainda que a atualização de cadastros e a ação de Busca Ativa foram essenciais para possibilitar a efetividade das políticas públicas. “Hoje somos referência no Brasil como unidade da Federação que possui seu sistema de cadastro mais atualizadoe, a partir disso, nos tornamos também a que mais insere beneficiários nos programas sociais. Organizar o nosso banco de dados nos permitiu dar mais dignidade a quem precisa”, reforçou.

SED 7483

Pronatec Brasil Sem Miséria 2013

A Sedest pactuou com os institutos de Educação, SENAC, SENAI, IFB, Secretaria de Educação – SEDF e SENAR a oferta de 5.406 vagas, que serão preenchidas no primeiro semestre de 2013 para cursos de qualificação profissional nas áreas de informática, beleza, administração, vendas artesanato, entre outras. A maioria dos cursos terá carga horária de 200 horas.

A formação é destinada às famílias em situação de pobreza e extrema pobreza (Cadastro Único), preferencialmente beneficiárias do programa Bolsa Família. Os interessados em realizar os cursos poderão procurar os CRAS, Creas ou Coses mais próximos de suas residências para obterem informações gerais (opção de curso, locais de oferta, horário e etc) e realizarem a pré-matrícula. Após isto, o usuário levará um encaminhamento feito na unidade da Sedest ao instituto ofertante para efetivar a matrícula.

Plano DF Sem Miséria

O Plano DF Sem Miséria tem como objetivos reduzir as desigualdades sociais e superar a extrema pobreza no Distrito Federal, elevar a qualidade de vida da população pobre e extremamente pobre, ofertar serviços públicos e gerar emprego e renda para a promoção social dessas famílias. Os três eixos norteadores das ações são: transferência de renda, acesso a serviços públicos e inclusão produtiva.