Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/10/12 às 19h43 - Atualizado em 29/10/18 às 11h42

Sedest economizará 10 milhões de reais por ano ao superar os contratos emergenciais com Restaurantes Comunitários do Distrito Federal

COMPARTILHAR

(29/12/2011 – 08:54)

 

Nesta segunda-feira (26), a Secretaria de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (Sedest) celebrou os contratos de oito Restaurantes Comunitários, resultado de licitação pública, referente às unidades: Samambaia; Recanto das Emas; Paranoá; São Sebastião; Santa Maria; Ceilândia; Estrutural e Planaltina com novo fornecedor. Com esses novos contratos, o Governo do Distrito Federal economizará cerca de 10 milhões de reais.

Nesta quarta-feira (28), terminam os contratos emergenciais desses oito Restaurantes Comunitários. Para que a população possa ser atendida com alimentação de qualidade, a empresa contratada terá um prazo de quatro dias para readaptação e montagem dos novos equipamentos e treinamento dos funcionários. Por isso, esses Restaurantes Comunitários estarão fechados apenas nos dias 29, 30 a 31 de dezembro, voltando a funcionar normalmente no dia 02 de janeiro de 2012. Os demais Restaurantes Comunitários: Sobradinho II, Gama, Brazlândia e Itapoã, funcionarão em horário habitual, fechando somente no dia 31/12 (sábado).

Restaurantes Comunitários do Distrito Federal

Os Restaurantes Comunitários são unidades de alimentação e nutrição que preparam e comercializam refeições adequadas e saudáveis a preços acessíveis (R$ 1 cada), com espaço para manifestações culturais. Estão localizados em regiões com alta concentração de população de baixa renda. Cada um dos 12 Restaurantes Comunitários do Distrito Federal oferece cerca de 3.500 refeições por dia.

O público dos restaurantes comunitários é constituído prioritariamente pela população em situação de vulnerabilidade socioeconômica e de insegurança alimentar e nutricional, como trabalhadores formais e informais de baixa renda, aposentados, pensionistas, estudantes, desempregados, pessoas em situação de rua e famílias residentes em áreas de vulnerabilidade social.

Compete à Subsecretaria de Segurança Alimentar e Nutricional (Subsan)/Sedest a gestão e a orientação para elaboração dos cardápios mensais dos Restaurantes Comunitários.