Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/10/12 às 19h08 - Atualizado em 29/10/18 às 11h42

SEDEST e Instituto Sabin inauguram 2ª ludoteca para atendimento de crianças e adolescentes

COMPARTILHAR

(18/11/2011 – 22:03)

 

 

 

 

 

 

 

Na manhã desta sexta-feira (18/11), a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (SEDEST) e o Instituto Sabin inauguraram a 2ª ludoteca para atendimento a crianças e adolescentes em situação de violação de direitos, no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) de Taguatinga.

A primeira ludoteca foi inaugurada em 27 de setembro quando foi assinado Termo de Compromisso que estabelece a instalação de uma ludoteca em cada um dos oito CREAS existentes.

A coordenadora do CREAS Taguatinga, Izabel Bareicha, ressaltou a importância da ludoteca como espaço de escuta e acolhimento. “Para nós, operadores da política de assistência social, que atuamos com violação de direitos nos CREAS, o uso do lúdico se faz como instrumento mediador para acessar os sentimentos e o sofrimento da criança, propiciando um atendimento mais acolhedor e com mais qualidade, favorecendo nossos objetivos de minimizar o sofrimento vivido e propiciar o restabelecimento dos direitos violados. Entendemos a possibilidade de ter uma ludoteca em nosso espaço de atendimento como um espaço privilegiado de espaço privilegiado de escuta e de atendimento de nossa demanda crescente de crianças vítimas de todos os tipos de violência”, enfatizou a coordenadora.

A secretária Arlete Sampaio elogiou o trabalho vitorioso do Sabin como empresa. “O Sabin compreende seu papel social e, em parceria com o Estado, potencializa o espaço de acolhimento das ludotecas.”, disse a secretária. E, dirigindo-se aos servidores, concluiu: “Utilizem bem esta sala, pois é uma contribuição a mais no acolhimento de crianças e adolescentes vítimas de exploração sexual”.

A embaixadora do Instituto Sabin, Dra. Janete Vaz, falou do trabalho de responsabilidade social desenvolvido pelo Instituto Sabin. “Esta é nossa segunda ludoteca, em parceria com a SEDEST, e a vigésima do Sanbin. O resultado é mais dignidade no trabalho dos servidores e um melhor atendimento às crianças e adolescentes assistidas”, destacou a embaixadora.

Seis servidores da SEDEST, sendo três assistentes sociais e três psicólogos acompanharão 250 crianças e adolescentes por ano na ludoteca, com o apoio de cinco agentes sociais.

Também estiveram presentes à cerimônia de inauguração, as coordenadoras do CREAS Ceilândia, Graciele Reis e do CRAS Taguatinga, Margarete Nogueira da Costa, além de outros servidores da SEDEST.

 

O que dizem os estudiosos da psicologia infantil

Segundo Freud, a vinculação entre a brincadeira e a constituição do sujeito permite que as crianças se desenvolvam. Vygostky defende que a brincadeira permite que os conteúdos vividos sejam assimilados, reestruturados emocionalmente e até ressignificados. Já Piaget compreende o lúdico como constituidor da possibilidade de um desenvolvimento saudável, facilitando o crescimento e permitindo um entrosamento social, podendo funcionar como intermediário entre a realidade externa e interna.