Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/04/15 às 12h37 - Atualizado em 29/10/18 às 11h44

Sedhs discute o reordenamento do serviço de acolhimento de crianças e adolescentes

COMPARTILHAR

 Melhorias atenderão acolhidos e servidores de unidades

(Brasília, 28/4/2015) – A Associação dos Pesquisadores de Núcleos de Estudos e Pesquisas sobre a Criança e o Adolescente (NECA) apresentou à Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social (Sedhs) um diagnóstico da Unidade de Acolhimento para Crianças e Adolescentes (Unac) e da Unidade de Acolhimento para Crianças e Adolescentes em Situação de Rua (Unacas). O trabalho faz parte do Projeto de Reordenamento dos Serviços de Acolhimento Institucional de Crianças e Adolescentes da Sedhs que, atualmente, trabalha com encontros de formação junto aos servidores das duas unidades.

Os pontos destacados no material mostram necessidade de melhoria da alimentação, da infraestrutura, da qualidade dos materiais de higiene e de roupas e calçados oferecidos aos acolhidos. Os servidores também foram ouvidos e demostraram se sentirem isolados por, muitas vezes, não conseguirem resolver os problemas que aparecem.

O objetivo central da associação, que é de São Paulo e foi contratada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano e Social (Sedhs), é a construção e a reconstrução, permanente, de uma estrutura coletiva de investigação que reúna e organize os pesquisadores e profissionais pessoalmente envolvidos, tanto no conhecimento das questões da infância, da adolescência, da juventude e de suas famílias, quanto no das políticas e práticas para ela direcionadas.

O NECA tem realizado, também, encontros com a Rede do Sistema de Garantia de Direitos, envolvida com o Serviço de Acolhimento do Distrito Federal (Promotoria da Infância e Juventude, Vara da Infância e Juventude, Conselhos Tutelares, Delegacia de Proteção da Criança e do Adolescente entre outros).

O secretário, Marcos Pacco, acolheu as sugestões apresentadas e, junto com sua equipe, decidiuque colocará em prática estratégias para cuidar melhor, tanto dos servidores, quanto dos acolhidos da Unac e Unacas, incluindo trocas de experiências com outros estados, visitas e supervisão do serviço de acolhimento.