Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/10/15 às 17h38 - Atualizado em 29/10/18 às 11h44

Secretário de Desenvolvimento Humano e Social visita obras no Sol Nascente

COMPARTILHAR

As obras são do Restaurante Comunitário e da Unidade de Acolhimento, previsão é de abertura no final de dezembro/2015.

Brasília (2/10/2015) – O secretário de Desenvolvimento Humano e Social, Marcos Pacco, visitou as obras do Restaurante Comunitário e da Unidade de Acolhimento para Adultos e Famílias (UNAF) da região do Sol Nascente, em Ceilândia. A visita ocorreu na tarde desta quinta (1).

O chefe da pasta foi verificar o andamento das obras, já bem adiantadas, e afirmou que a previsão é de que estejam concluídas e as unidades sejam abertas no final de dezembro/2015.

Wellington Reis – Ascom/Sedhs
IMG 9376

A UNAF realizará acolhimento institucional de famílias em situação de rua, de desabrigo, migração, ausência de residência ou em trânsito e sem condições de autossustento. A obra teve início em 02/07/2012 e foi parcialmente concluída em 28/01/2013. Mas, para o funcionamento efetivo, são necessárias obras na parte externa, como serviços de urbanização, estacionamento e equipamentos de acessibilidade (rampas de acesso, por exemplo).

Wellington Reis – Ascom/Sedhs
IMG 9369

A unidade terá capacidade para atender de 120 a 200 pessoas e será administrada por entidade socioassistencial conveniada. Com um formato diferente das demais unidades de acolhimento, a UNAF do Sol Nascente funcionará como condomínio social, projeto que já funciona em Curitiba, capital do Paraná.

As famílias terão as chaves dos seus quartos, como se fossem apartamentos, e seguirão regras de convivência estipuladas coletivamente, como em um condomínio residencial. Para fortalecer a convivência, os acolhidos dividirão as áreas comuns, como: refeitório, biblioteca e espaços ao ar livre.

Wellington Reis – Ascom/Sedhs
IMG 9405

O Restaurante Comunitário do Sol Nascente será o primeiro a oferecer as três refeições diárias principais: café da manhã, almoço e jantar. O cardápio da manhã será composto, basicamente, por café, leite, pão com manteiga e uma fruta da estação. Para o jantar, uma sopa, que entra nos programas de Desperdício Zero e de Reaproveitamento dos Alimentos, pois aproveitará as sobras de qualidade do almoço.

Wellington Reis – Ascom/Sedhs
Pacco IMG 9222

O restaurante, instalado em uma área de grande densidade demográfica e com a maioria da população de baixa renda, vai garantir o direito de acesso a uma alimentação de qualidade e balanceada. Espera-se que sejam servidas mil e quinhentas refeições no café da manhã, cinco mil no almoço e três mil no jantar.