Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/09/20 às 15h15 - Atualizado em 15/09/20 às 11h32

SCFV

COMPARTILHAR

 

Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV para Crianças e Adolescentes de 06 a 15 anos

 

Descrição: Tem por foco a constituição de espaço de convivência, formação para a participação e cidadania, desenvolvimento do protagonismo e da autonomia das crianças e adolescentes, a partir dos interesses, demandas e potencialidades dessa faixa etária. As intervenções devem ser pautadas em experiências lúdicas, culturais e esportivas como formas de expressão, interação, aprendizagem, sociabilidade e proteção social. Inclui crianças e adolescentes com deficiência, retirados do trabalho infantil ou submetidos a outras violações, cujas atividades contribuem para resignificar vivências de isolamento e de violação de direitos, bem como propiciar experiências favorecedoras do desenvolvimento de sociabilidades e na prevenção de situações de risco social.

 

Público Alvo: Crianças e adolescentes de 6 a 15 anos, em especial:

  • Crianças encaminhadas pelos serviços da proteção social especial: Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI); Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos; reconduzidas ao convívio familiar após medida protetiva de acolhimento; e outros;
  • Crianças e adolescentes com deficiência, com prioridade para as beneficiárias do BPC;
  • Crianças e adolescentes cujas famílias são beneficiárias de programas de transferência de renda;
  • Crianças e adolescentes de famílias com precário acesso a renda e a serviços públicos e com dificuldades para manter.

 

 

Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV para Adolescentes e Jovens de 15 a 17 anos incluindo os inscritos no Programa Caminhos da Cidadania 

 

Descrição: Tem por foco o fortalecimento da convivência familiar e comunitária e contribui para o retorno ou permanência dos adolescentes e jovens na escola, por meio do desenvolvimento de atividades que estimulem a convivência social, a participação cidadã e uma formação geral para o mundo do trabalho. As atividades devem abordar as questões relevantes sobre a juventude, contribuindo para a construção de novos conhecimentos e formação de atitudes e valores que reflitam no desenvolvimento integral do jovem.

 

Público Alvo: Adolescentes e jovens de 15 a 17 anos, em especial:

  • Adolescentes e Jovens pertencentes às famílias beneficiárias de programas de transferência de renda;

  • Adolescentes e Jovens egressos de medida socioeducativa de internação ou em cumprimento de outras medidas socioeducativas em meio aberto, conforme disposto na Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990 – Estatuto da Criança e do Adolescente;

  • Adolescentes e Jovens em cumprimento ou egressos de medida de proteção, conforme disposto na Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990 – Estatuto da Criança e do Adolescentes (ECA);

  • Adolescentes e Jovens do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) ou Adolescentes e Jovens egressos ou vinculados a programas de combate à violência e ao abuso e à exploração sexual;

  • Adolescentes e Jovens de famílias com perfil de renda de programas de transferência de renda;

  • Jovens com deficiência, em especial beneficiários do BPC;

  • Jovens fora da escola.

 

 

Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV para Jovens de 18 a 29 anos 

 

Descrição: Tem por foco o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, na proteção social, assegurando espaços de referência para o convívio grupal, comunitário e social e o desenvolvimento de relações de afetividade, solidariedade e respeito mútuo, de modo a desenvolver a sua convivência familiar e comunitária. Contribuir para a ampliação do universo informacional, artístico e cultural dos jovens, bem como estimular o desenvolvimento de potencialidades para novos projetos de vida, propiciar sua formação cidadã e vivências para o alcance de autonomia e protagonismo social, detectar necessidades, motivações, habilidades e talentos, além de possibilitar o reconhecimento do trabalho e da formação profissional como direito de cidadania e básicas e contribuir para a inserção, reinserção e permanência dos adultos no sistema educacional, no mundo do trabalho e no sistema de saúde básica e complementar, quando for o caso.

 

Público Alvo: Jovens de 18 a 29 anos, em especial:

  • Jovens pertencentes a famílias beneficiárias de programas de transferências de Renda;
  • Jovens em situação de isolamento social;
  • Jovens com vivência de violência e, ou negligência;
  • Jovens fora da escola ou com defasagem escolar superior a 2 (dois) anos;
  • Jovens em situação de acolhimento;
  • Jovens egressos de cumprimento de medida socioeducativa em meio aberto;
  • Jovens egressos ou vinculados a programas de combate à violência, abuso e, ou exploração sexual;
  • Jovens egressos de medidas de proteção do Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA;
  • Jovens em situação de rua;
  • Jovens em situação de vulnerabilidade em consequência de deficiências.

 

 

Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos SCFV – para Adultos de 30 a 59 anos

 

Descrição: Tem por foco o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, desenvolvendo ações complementares assegurando espaços de referência para o convívio grupal, comunitário e social e o desenvolvimento de relações de afetividade, solidariedade e encontros intergeracionais de modo a desenvolver a sua convivência familiar e comunitária. As atividades devem desenvolver conhecimentos sobre o mundo do trabalho e competências específicas básicas e contribuir para a inserção, reinserção e permanência dos adultos no sistema educacional, no mundo do trabalho e no sistema de saúde básica e complementar, quando for o caso, além de propiciar vivências que valorizam as experiências que estimulem e potencializem a condição de escolher e decidir, contribuindo para o desenvolvimento da autonomia e protagonismo social, ampliando seu espaço de atuação para além do território.

 

Público Alvo: Adultos de 30 a 59 anos, em especial:

  • Adultos pertencentes a famílias beneficiárias de programas de transferências de Renda;
  • Adultos em situação de isolamento social;
  • Adultos com vivência de violência e, ou negligência;
  • Adultos com defasagem escolar;
  • Adultos em situação de acolhimento;
  • Adultos vítimas e, ou vinculados a programas de combate à violência e exploração sexual;
  • Adultos em situação de rua;
  • Adultos em situação de vulnerabilidade em consequência de deficiências.

 

 

Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV para Idosos acima de 60 anos

 

Descrição: Tem por foco o desenvolvimento de atividades que contribuam no processo de envelhecimento saudável, no desenvolvimento da autonomia e de sociabilidades, no fortalecimento dos vínculos familiares e do convívio comunitário e na prevenção de situações de risco social. A intervenção social deve estar pautada nas características, interesses e demandas dessa faixa etária e considerar que a vivência em grupo, as experimentações artísticas, culturais, esportivas e de lazer e a valorização das experiências vividas constituem formas privilegiadas de expressão, interação e proteção social. Devem incluir vivências que valorizam suas experiências e que estimulem e potencialize a condição de escolher e decidir.

 

Público Alvo: Idosos a partir de 60 anos, em especial:

  • Idosos beneficiários do Benefício de Prestação Continuada;
  • Idosos de famílias beneficiárias de programas de transferência de renda;
  • Idosos com vivências de isolamento social por ausência de acesso a serviços e oportunidades de convívio familiar e comunitário e cujas necessidades, interesses e disponibilidade indiquem a inclusão no serviço.

 

 

Atualizado em 09/2020