Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/07/20 às 15h04 - Atualizado em 20/07/20 às 20h53

Prova para curso de formação da Sedes será no domingo (26)

COMPARTILHAR

Com regras diferenciadas por causa da pandemia, exame é mais uma etapa do concurso Secretaria de Desenvolvimento Social

 

Agendada para domingo (26), das 8h30 às 12h30, no Centro Universitário de Brasília (UniCeub), na Asa Norte, a prova para o curso de formação profissional dos aprovados no concurso público da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) será realizada em esquema diferenciado, conforme os protocolos de proteção contra o novo coronavírus.  Os detalhes serão divulgados pela comissão organizadora nesta quarta-feira (22).

 

Desde já, os candidatos devem estar atentos aos horários. A entrada será feita em cinco grupos. No caso dos cargos de nível superior, a primeira turma entra às 7h20, enquanto a segunda terá acesso a partir das 7h30. Na sequência, ingressam a terceira turma (7h40), a quarta (7h50) e a quinta (7h55). O portão será fechado, impreterivelmente, às 8h.  Para os cargos de agente social e cuidador social, nível médio, os horários são: 1ª turma às 13h20, 2ª turma às 13h30, 3ª turma às 13h40, 4ª turma às 13h50 e 5ª turma às 13h55.

 

As provas são para os cargos de técnico em assistência, na especialidade de agente social e cuidador social; e de assistência social, nas especialidades de educador social, direito e legislação, pedagogia, psicologia e serviço social.

 

Novos procedimentos

Devido à pandemia, além da divisão em turmas para a entrada nas salas, outros procedimentos serão obrigatórios. Confira, abaixo, as principais regras que devem ser cumpridas.

 

  • Turmas entrarão em horários diferentes, a serem divulgados na quarta-feira (22).
  • Todos passarão pelo procedimento de detecção de metais.
  • Logo ao entrar na sala, os candidatos terão a temperatura aferida. A depender da situação, a pessoa poderá ser encaminhada a um local onde fará a prova separadamente.
  • Será obrigatório o uso de máscaras de proteção e luvas descartáveis – itens que não poderão ser retirados durante a prova –, além de álcool gel.
  • A distância mínima de dois metros um do outro será obrigatória.
  • As salas estão programadas comportar no máximo 25 pessoas, com uso de 50% das carteiras.

 

A quem achar necessário, será liberado o uso de protetor facial transparente (estilo viseira), vestimentas descartáveis (macacão impermeável), óculos de proteção transparente, equipamento de proteção individual (EPI) e toalha de papel para higienizar a carteira com álcool gel, independentemente da higienização a ser feita pela comissão organizadora do concurso.

 

Ádamo Araujo