Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/06/20 às 15h29 - Atualizado em 9/06/20 às 10h25

Gestoras da SEDES explicam os programas Renda Emergencial e Prato Cheio

COMPARTILHAR

Durante live, as subsecretárias de Assistência Social e de Segurança Alimentar e Nutricional detalharam o cadastro e o funcionamento dos novos programas socioassistenciais do GDF

 

A quarta live da série de encontros com especialistas da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), na manhã desta sexta-feira (6), explicou os novos programas socioassistenciais do Governo do Distrito Federal (GDF). O objetivo foi esclarecer como está funcionando o Renda Emergencial e o Cartão do Prato Cheio, iniciativas lançadas em maio para amenizar as consequências econômicas ocasionadas pela pandemia do novo coronavírus.

 

Entrevistadas ao vivo, as subsecretárias de Assistência Social e de Segurança Alimentar e Nutricional, respectivamente Kariny Alves e Karla Lisboa, ressaltaram que as ações são complementares e visam atender, principalmente, quem não é contemplado por qualquer outro benefício social ou programa, seja do governo distrital ou federal.

 

“Existe um público entre os que não preenchem os requisitos para o recebimento e os que já recebem algo. Essas famílias, nesse nível intermediário, são o foco do Renda Emergencial”, destacou Kariny Alves. “O Prato Cheio reúne a cesta emergencial e o Pão e Leite, uma iniciativa retomada nesta gestão para garantir a complementação alimentar dos beneficiários”, complementou Karla.

 

As subsecretárias aproveitaram para anunciar que, a partir da próxima semana, ambos os programas voltam a abrir acesso para novos cadastros. Faltam ajustar os detalhes finais para a data ser divulgada. Porém, os canais seguem os mesmos: www.rendaemergencial.brb.com.br na seção “consulta”, por meio da central telefônica (3029-8499).

 

A live dessa sexta-feira teve participação simultânea de 109 pessoas, além dos quase 600 acessos ao longo da transmissão, que durou cerca de uma hora e meia. Nas próximas semanas, outros temas serão abordados, tanto de interesse do servidor quando da população.

 

Ádamo Araujo