Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/12/20 às 18h45 - Atualizado em 3/12/20 às 18h46

GDF acompanha produção de marmitas nos 14 restaurantes comunitários

COMPARTILHAR

Sedes realiza visitas técnicas frequentes para verificar a situação e as demandas de cada unidade

 

Os Restaurantes Comunitários do Riacho Fundo 2 e do Recanto das Emas receberam visitas técnicas de uma comissão da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), nesta terça-feira (2). O objetivo da ação foi acompanhar de perto o trabalho das equipes e ouvir as demandas de cada unidade em prol da melhoria do atendimento à população.

 

“São incursões de rotina feitas semanalmente pela gestão para verificar o andamento da produção das marmitas nos 14 restaurantes comunitários e conversar com os funcionários”, explica a subsecretária de Segurança Alimentar e Nutricional, Karla Lisboa.

 

De acordo com a gestora, por meio dessas visitas verifica-se a situação das instalações e dos equipamentos e o que pode ser feito de imediato para melhorar o serviço. “Os gerentes e os executores do contrato sempre nos acompanham para mostrar e explicar, por exemplo, o acondicionamento das refeições e a higienização dos materiais”, destaca Karla Lisboa. Nesta semana, as unidades de Brazlândia e da Estrutural também receberam a comitiva.

 

Karla Lisboa reitera que essa aproximação com as unidades é importante para manter a qualidade do serviço prestado. “Minha equipe faz ações toda semana para acompanhar o trabalho das empresas terceirizadas que produzem as marmitas e cuidam dos restaurantes”.

 

Os Restaurantes Comunitários oferecem refeições adequadas e saudáveis ao custo de R$ 1 para a população. Em razão da pandemia da Covid-19, as refeições estão sendo servidas em marmitas, que podem ser retiradas pelo usuário na quantidade que ele necessitar. Nesses meses de pandemia, as quentinhas também são oferecidas gratuitamente à população em situação de rua cadastrada pela equipe de Abordagem Social da Sedes.

 

Cynthia Ribeiro