Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
31/08/15 às 20h09 - Atualizado em 29/10/18 às 11h44

Formatura da primeira turma do programa Fábrica Social

COMPARTILHAR

O programa atende 1,2 mil pessoas/educandos por ano na indústria de material esportivo e vestuário

Nesta sexta-feira (28), aconteceu a formatura da primeira turma do programa Fábrica Social, no Auditório Planalto (Centro de Convenções Ulysses Guimarães). Duzentos e noventa e quatro alunos receberam o certificado de conclusão do curso de capacitação.

O programa Fábrica Social foi criado em abril de 2013 com o objetivo de promover a cidadania por meio da capacitação e qualificação profissional de pessoas pobres e extremamente pobres do Distrito Federal, inscritas no Cadastro Único dos Programas do Governo Federal (CadÚnico), por meio da inclusão social produtiva, mediante concessão de benefício social por produtividade, para combater as desigualdades sociais existentes no Distrito Federal, visando a inserção no Mercado de Trabalho.

Toninho Tavares – Agência Brasília
Fab1

Os estudantes podem optar por diversos cursos, como de bordado, de serigrafia, de corte e costura, de laminado, de confecção de bolas e redes esportivas, de corte, costura e confecção de uniformes, de operação e manuseio de máquinas e equipamentos industriais. A Fábrica oferece também cursos de cooperativismo e de microcrédito, a fim de preparar para o empreendedorismo no mercado de trabalho.

Lindomar da Conceição, hoje, instrutor da serigrafia, entrou na Fábrica como capacitando. Com oito meses no programa tornou-se instrutor e há dois anos está engajado na causa.  “Percebo que alguns alunos são sofisticados. Eles querem aprender e eu sempre digo que eles precisam persistir”, disse.

Toninho Tavares – Agência Brasília
Fab3

Célio Silva, Subsecretário de Integração das Ações Sociais (SIAS), falou da necessidade de promover educação para acabar com a pobreza, “temos o desafio de promover a educação para erradicar a pobreza. É assim que a felicidade começa com o sonho que se torna realidade”.

Thiago Jarjour, Secretário do Trabalho e do Empreendedorismo, agradeceu o voto de confiança por ter sido nomeado como secretário, recentemente, e afirmou: “não mediremos esforços para fazer com que a Fábrica Social retorne à sua verdadeira essência.

Toninho Tavares – Agência Brasília
Fab4

 

A aluna da Fábrica Social, Tatiana Silva, emocionou e arrancou aplausos da plateia. Ela foi a escolhida para falar em nome de todos os alunos e falou sobre a esperança. “Esse projeto realizou o sonho de muitas pessoas. Hoje nós temos orgulho em dizer que somos profissionais da indústria têxtil ou da fabricação de artigos esportivos”.

Atualmente o programa atende 1,2 mil pessoas/educandos por ano na indústria de material esportivo e vestuário. O curso pode ter duração de até dois anos e nesse período os estudantes têm aulas de formação profissional em diversas áreas.

Toninho Tavares – Agência Brasília
Fab7

Desde janeiro a julho deste ano, somente em 2015, a Fábrica já produziu e distribuiu cerca de R$ 10,5 milhões de reais, em produtos sociais, e cerca de R$ 2 milhões encontram-se em estoque.

Atualmente, a Fábrica está preparada para continuar a oferecer Educação Profissional a 1.200 pessoas (um mil e duzentas); promover a Educação Profissional de 60 (sessenta) educandos qualificando-os para o domínio da tecnologia de produção de painéis solares e lâmpadas de LED; promover a Educação Profissional de 30 (trinta) educandos qualificando-os para o domínio da tecnologia de produção de alimentos orgânicos no meio urbano; promover a Educação Profissional de 60 (sessenta) educandos qualificando-os para a utilização de madeiras recicladas com vistas à confecção de brinquedos pedagógicos e mobiliário para escolas e creches; promover a Educação Profissional de 60 (sessenta) educandos qualificando-os para o domínio da tecnologia de prestação de serviços em Construção Civil; promover a inclusão e alfabetização digital dos alunos da Fábrica Social, pela realização de cursos de operador de microcomputadores, em ambientes computacionais de aprendizagem e laboratórios de informática.

Toninho Tavares – Agência Brasília
Fab6

Rodrigo Rollemberg, Governador do Distrito Federal, finalizou a solenidade dizendo que estava muito feliz. “Esse é um momento de vitória. Ninguém chega a esse momento sozinho. Cada vez mais o mercado vai exigir profissionais qualificados para produzir com mais qualidade. Se tivermos capacidade de oferecer produtos de qualidade, sempre teremos mercado para isso”.

Estiveram presentes, Rodrigo Rollemberg (Governador do Distrito Federal), Thiago Jarjour (Secretário do Trabalho e do Empreendedorismo), Acilino Ribeiro (Secretário de Movimento Popular) e Célio Ribeiro (Subsecretário de Integração das Ações Sociais – Fábrica Social.