Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/10/12 às 19h34 - Atualizado em 29/10/18 às 11h42

“Extremos”, documentário sobre Direitos Humanos, é apresentado à comunidade da Estrutural

COMPARTILHAR

(09/12/2011 – 17:31)

Na manhã desta quinta-feira (08), a comunidade da Estrutural assistiu a exibição do documentário produzido pela TV NBR sobre Direitos Humanos, no Centro Comunitário local, onde funcional o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) da Estrutural.

O documentário dirigido pelo produtor executivo da TV NBR, João Freire, tem 23 minutos e foi gravado no bairro de Santo Amaro, cidade do Recife e na Estrutural. Com depoimentos da secretária de Estado de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda, Arlete Sampaio, da ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), Maria do Rosário, da deputada federal e presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, Manuela D´Ávila, e de vários moradores da Estrutural, o documentário retratou as realidades locais e as ações do Governo do Distrito Federal (GDF), por meio do Plano pela Superação da Extrema Pobreza – DF Sem Miséria para promover a garantia de direitos a essa população em situação de vulnerabilidade social, bem como as ações em Santo Amaro, um Território de Paz do Recife.

A secretária Arlete Sampaio, em seu depoimento no documentário, relatou o histórico de exclusão social da cidade e as ações do Governo para diminuir as desigualdades sociais. “Fazer com que os Direitos Humanos sejam assegurados a todas as pessoas no DF é o grande desafio do GDF; e vamos enfrentá-lo com o DF Sem Miséria”, destacou a secretária.

Participaram do evento a secretária Nacional de Promoção aos Direitos Humanos da SDH/PR, Nadine Borges, a coordenadora do CREAS da Estrutural, Amanda Campina, a assessora da Diretoria de Serviços Especializados à Famílias e Indivíduos (DISEFI), Ana Cláudia Fialho, representante do Centro de Saúde, do Fórum da Estrutural, além dos personagens do documentário: Sr. Zezinho – liderança comunitária; Dona Neuza (catadora de materiais recicláveis) e a jovem Raquel Rodrigues Ferreira, do Conselho Editorial da revista de Direitos Humanos “Descolados”.

Após a exibição do documentário, houve um debate entre a plateia, o produtor João Freire e a secretária Nadine.