Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/07/15 às 16h50 - Atualizado em 29/10/18 às 11h44

Elaboração do relatório e eleição de delegados fecham a 4ª Conferência Distrital de Segurança Alimentar e Nutricional

COMPARTILHAR

Relatório Final com propostas para a área será levado, pelos delegados eleitos, para discussão na 5ª Conferência Nacional

Brasília (23/7/2015) – O último dia da 4ª Conferência Distrital de Segurança Alimentar e Nutricional foi reservado para aprovação das propostas discutidas nos grupos de trabalho e para a eleição dos delegados, representantes da sociedade civil, que irão participar da 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar, que será realizada entre os dias 3, 4, 5 e 6 de novembro deste ano, também no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

Foram mais de 140 propostas aprovadas em plenária, que subsidiarão a elaboração do II Plano Distrital de Segurança Alimentar e Nutricional (PDSAN), instrumento de planejamento e gestão de segurança alimentar e nutricional, que direciona as políticas públicas para a área. As proposições também serviram para organizar o Relatório Final e a Carta Política, documentos estipulados pelo Conselho de Segurança Alimentar (CONSEA Nacional), para as Conferências Estaduais e do DF.

Foto: Wellington Reis – Ascom/Sedhs
IMG 2583

Durante a tarde, foi realizada a eleição dos representantes para a 5ª Conferência Nacional. São 33 delegados do Distrito Federal, sendo um terço (11 delegados) indicados pelo governo e dois terços (22 delegados) representantes da sociedade civil. Dentre os representantes da sociedade civil, oito vagas são destinadas para populações específicas: uma vaga para representante indígena, duas vagas para povos de terreiros, três vagas para população negra e duas vagas para outros povos e comunidades tradicionais (ciganos, quilombolas, ribeirinhos, extrativistas, pomeranos, entre outros). Os oito representantes das vagas de cotas foram indicados pelas representações sociais respectivas.

Uma vaga de representação civil é destinada ao presidente do CONSEA-DF e as vagas restantes foram preenchidas por votação democrática, mediante livre candidatura e atenção aos requisitos: os candidatos devem ter participado em uma das Pré-Conferências Regionais, ocorridas entre 25 de maio a 4 de julho, e da 4ª Conferência Distrital. Foram escolhidos 13 delegados titulares e cinco suplentes, que só serão convocados a compor a delegação oficial, caso haja desistência entre os titulares eleitos.

Foto: Wellington Reis – Ascom/Sedhs
IMG 2555

André Luiz Santos, membro da Comunidade dos Povos de Terreiro e conselheiro do CONSEA-DF, qualificou o trabalho da Conferência como proveitoso, mas sentiu falta de uma maior mobilização da sociedade civil. “Eu esperava uma maior participação da sociedade civil, mas, na avaliação geral, foi positivo, tivemos inúmeras propostas concretas para trabalharmos, foi uma conferência muito proveitosa”.

Para o subsecretário de Segurança Alimentar e Nutricional (Subsan) da Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social (Sedhs), Jefferson Urani, houve um grande empenho para a realização da Conferência e também destacou que esperava uma maior participação da representação civil. “A participação popular poderia ter sido maior, a gente sentiu falta de mais mobilização da sociedade civil, mas atingimos os nossos objetivos com as proposições para a 5ª Conferência Nacional, em novembro”.

Aproximadamente, 300 pessoas participaram, por dia, da 4ª Conferência Distrital.