Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/08/15 às 15h36 - Atualizado em 29/10/18 às 11h44

Destaques da Olimpíada de Matemática recebem homenagem no DF

COMPARTILHAR

Estudantes conquistaram 10 medalhas de ouro, 64 de prata e 128 de bronze

Cerca de 800 alunos da rede pública de ensino foram homenageados ontem (24) em solenidade no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Eles foram premiados na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), que teve sua 10ª edição realizada em 2014. Durante a cerimônia foram entregues troféus às escolas que se destacaram, tablets e diplomas de mérito para os professores.

Foto: Wellington Reis – Ascom/Sedhs
site

Os brasilienses conquistaram 202 medalhas na competição, das quais 10 foram de ouro, 64 de prata e 128 de bronze. Outros 683 foram agraciados com menções honrosas. Considerando que os estudantes da rede pública de ensino do DF concorreram com mais de 18 milhões de alunos em todo o Brasil, a Secretaria de Educação avalia que os números desta premiação mostram a eficácia das políticas públicas em vigor na capital. Segundo o coordenador da OBMEP no DF, professor Reginaldo Ramos de Abreu, a olimpíada tem o compromisso de agregar valor ao ensino público. “A iniciativa vem mostrando a  importância da matemática para o futuro dos jovens e, consequentemente, o desenvolvimento do país. Aqui estão os campeões da matemática”, destacou.

Foto: Wellington Reis – Ascom/Sedhs
site2

Rodrigo Rollemberg disse que participar de um momento como esse era emocionante: “A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas cria um círculo virtuoso do ensino da matemática no nosso país, disse.

site3O estudante Yuri Giácomo, 15 anos, medalha de ouro do Colégio Militar de Brasília destacou o diferencial de sua escola: “a disciplina e a qualidade dos professores é o diferencial do Colégio Militar”.




 

Yuri Giácomo, estudante
Foto: Wellington Reis – Ascom/Sedhs 


A estudante Maria Eduarda Sarvi, 13 anos, medalha de ouro do Colégio Militar de Brasília estava surpresa: “Não esperava receber a medalha de ouro. Eu me reunia aos sábados para estudar na UnB com um grupo e realmente não esperava por isso”.

site4

Larissa Cristina Bertanha, também medalha de ouro do Colégio Militar, estava irradiante: “É uma sensação indescritível, uma felicidade muito grande. Eu me reunia com um grupo, sempre em locais diferentes para estudar. Estou muito feliz!”.


 


Larissa Cristina, estudante
Foto: Wellington Reis – Ascom/Sedhs 


A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas é promovida pelo Ministério da Ciência e Tecnologia e pelo Ministério da Educação, e realizada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) e das Secretarias de Educação estaduais e do Distrito Federal. O objetivo é incentivar o ensino de matemática e descobrir talentos entre estudantes das escolas públicas brasileiras.

Foto: Wellington Reis – Ascom/Sedhs
site5

Estiveram presentes na homenagem César Camacho (Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada – IMPA), Júlio Gregório (Secretário de Educação do DF), Márcia Rollemberg (Colaboradora do GDF), Daniel Crepaldi (Subsecretário de Educação Básica), coordenadores regionais, diretores de escolas, professores, alunos entre outros.