Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/10/15 às 14h03 - Atualizado em 29/10/18 às 11h44

Desastre natural prejudica moradores dos arredores de Sobradinho

COMPARTILHAR

Famílias da Vila Basevi e da Fercal contabilizam estragos e contam com ajuda de órgãos do governo e da população do DF.

Brasília (8/10/2015) – A chuva forte da última terça (6) teve início por volta das 19h e durou pouco mais de meia hora, o suficiente para causar grandes estragos nas regiões da Vila Basevi e Fercal, em Sobradinho. Ventos fortes, muita água e granizos danificaram, significativamente, casas, escolas e o comércio dos locais. Os lugares que sofreram menos prejuízos registraram casos de destelhamento parcial.

Joana Costa – Ascom/Sedhs
12081342 763666443743097 1694008642 n

Na Vila Basevi, 51 casas sofreram danos. Uma família se encontrava desalojada e 456 pessoas foram de alguma forma atingidas. Os números na Fercal foram de 63 casas danificadas, duas famílias desalojadas e um total de 252 pessoas atingidas. Ambas as áreas foram gravemente prejudicadas por destelhamentos, rachaduras formadas nas paredes, desmoronamentos e ficaram sem os serviços de luz e água desde a noite do episódio. A Agefis identificou, na Vila Basevi, quatro casas interditadas e 80 casas em situação crítica.

Joana Costa – Ascom/Sedhs
12092584 10206139235751376 663453904 n

A moradora da Vila Basevi, Cícera Gomes, que teve sua casa atingida por uma árvore, conta sobre a situação traumática que passou. “Passamos muito medo! Com meu marido e meus filhos, somos seis pessoas aqui dentro. Na hora, só conseguimos pensar em correr para nos proteger”, resume. Outra moradora do local, Denise Rosalene, teve a casa quase que inteiramente danificada. “Foi realmente um susto enorme, eu só conseguia pensar que iria morrer!”, exclamou.

Dayane Costa – Ascom/Sedhs
12077024 763666450409763 259816168 n

Na Fercal, a Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social (Sedhs) realizou visita a uma das moradoras que perdeu a casa por completo e ofereceu os equipamentos disponíveis da pasta, como as unidades de acolhimento e a inscrição em cadastro de benefícios. O Centro de Referência em Assistência Social (Cras) da Fercal, unidade da Sedhs, foi destruída pelas chuvas e interditada pela Defesa Cívil. Apesar disso, o funcionamento do CRAS – Fercal não será interrompido, a unidade funcionará, provisoriamente, no prédio da Administração Regional.

Joana Costa – Ascom/Sedhs
12087355 763666330409775 777603465 n

A Sedhs, em conjunto com o Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar, Defesa Civil, Novacap, Caesb, CEB, Detran, entre outros órgãos do governo, estão presentes nos locais, prestando ajuda e orientação às famílias prejudicadas pelo ocorrido e ouvindo suas necessidades. A iniciativa de fazer o referenciamento das famílias para cadastro de benefícios, dentro das condicionalidades, também está sendo feita. Uma equipe da Unisuas (Unidade de Assistência Social 24 horas) está desde a madrugada do dia 7 fornecendo os devidos auxílios às vítimas das chuvas e realizando o acolhimento das famílias que perderam suas moradias, além do cadastro das mesmas.

Joana Costa – Ascom/Sedhs
12092299 763666353743106 1780014694 n

Algumas entidades também estão fornecendo o apoio, em conjunto, para colaborar com o reparo de danos. A Aeronáutica está realizando a doação de colchões às famílias, outros moradores de regiões vizinhas e a associação de comerciantes dos locais se prontificaram a colaborar com a doação de telhas. A Sedhs atua, desde ontem (7), na entrega de cestas emergenciais.