Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/09/15 às 20h50 - Atualizado em 29/10/18 às 11h44

Curso de formação do “Fortalecendo Famílias” teve início

COMPARTILHAR

 Programa quer utilizar atividades conjuntas, entre pais e filhos, para combater o uso de drogas.

Brasília (21/9/2015) – Começou hoje (21), o curso de formação de facilitadores do programa “Fortalecendo Famílias”, no Centro de Treinamento e Capacitação (CTC) da Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social (Sedhs), no Guará. O curso ainda ocorrerá nos próximos dias 22 e 23 de setembro.

Aproximadamente, 80 pessoas compareceram à formação, entre servidores dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), dos Centros de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (Coses) e funcionários de entidades socioassistenciais, conveniadas à Sedhs.

Foto: Edson Gês – Ascom/Sedhs
SED 1695

O programa “Fortalecendo Famílias” busca criar espaços de reflexão para pais e filhos, visando, primeiramente, o fortalecimento dos vínculos familiares e, por conseguinte, prevenir o uso de drogas. O trabalho é realizado com famílias de adolescentes, entre 10 e 14 anos.

Foto: Edson Gês – Ascom/Sedhs
SED 1659

Responsável pela formação, Marina Pedralho, formadora federal do Ministério da Saúde, explicou que o programa já se encontra nas cinco regiões brasileiras e que já tem mostrado alguns resultados. “A gente percebe o fortalecimento do vínculo familiar mesmo. Os jovens comentam que os pais estão muito menos estressados, gritando menos em casa, o que é muito positivo. Os pais comentam uma melhor adesão dos jovens à escola e também uma melhora no relacionamento familiar, filhos mais obedientes, respeitando mais as regras, mais conscientes das coisas”, relatou.

Marina ainda acrescentou os benefícios do programa para o serviço oferecido nas unidades da Sedhs. “Nós ouvimos vários relatos de que as famílias se aproximam mais dos Cras e dos Coses, conhecem melhor o serviço e passam a procurar mais. Tem benefícios tanto para os profissionais do serviço, quanto para as famílias que são atendidas”, concluiu.

Kleber Santarém, pai de adolescentes e participante do programa, afirmou valer a pena participar do “Fortalecendo Famílias” e aplicar em casa as estratégias aprendidas. “O programa veio agregar muitas coisas que eu já fazia e me deu novas ferramentas para trabalhar com algumas situações que estavam surgindo e que eu não sabia como trabalhar. Dá certo, vale a pena. Tanto é que eu estou hoje aqui, comprei a ideia, comprei o programa. E vou com ele até onde for”, declarou o pai.

O programa “Fortalecendo Famílias” é uma iniciativa do Ministério da Saúde e do Escritório das Nações Unidas Sobre Drogas e Crimes (UNODC), em parceria com a Sedhs.