Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
24/10/16 às 17h25 - Atualizado em 29/10/18 às 12h07

CRAS Varjão oferece oficinas para a comunidade

COMPARTILHAR

O CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) do Varjão da Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Sedestmidh) levará amanhã, às 14h, 18 famílias referenciadas na unidade para a oficina de geração de renda (decoupagem), no Espro, 615 sul.

O Centro atendeu em setembro 856 famílias, as quais são acompanhadas pelo PAIF  – Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família, que é desenvolvido na unidade e oferece duas oficinas semanais e permanentes com ênfase na reflexão da sororidade, problemas enfrentados pela comunidade com possíveis soluções, história de vida das participantes, experiência de vida.

Essas atividades são voltadas para mulheres da cidade e corre às quintas-feiras, quando o grupo se reúne para bordar enquanto discute temas como solidariedade entre mulheres e solução dos problemas da cidade. Enquanto as linhas cruzam os tecidos no bordado russo, as mulheres tecem uma rede de apoio que fortalece os vínculos familiares e comunitário e proporciona a troca de conhecimento. A técnica artesanal utiliza linhas coloridas e desenhos alegres para trabalhar a autoestima das participantes.  

A unidade ainda oferece outras modalidades de atividades artísticas. Às segundas-feiras o grupo se reúne para conversar e traçar pinturas em tela. Atualmente, os orientadores trabalham o tema “Este momento é só meu”. A atividade proporciona a integração entre a arte e a expressão de sentimentos feita por meio da pintura, além de levantar debates sobre autoestima, criação de filhos e empreendedorismo.

As crianças também são atendidas pelos serviços de assistência social. Três vezes por semana, crianças entre 6 e 14 anos participam de oficinas de pintura, argila, cidadania, cuidados com o espaço público e horta comunitária.

 

Oficinas sobre benefícios

A unidade oferece mais duas outras oficinas, estas referentes à beneficios socioassistênciais, sendo que uma é fixa e para referenciados e a outra não.

Para os que precisam dar entrada em um benefício ou solicitar outro direito da assistência social, a unidade conta com uma equipe de acolhida para explicar os serviços oferecidos pelo CRAS, nas terças-feiras e quartas-feiras, às 9h e às 14h.

Para as famílias que vão receber o Auxílio Vulnerabilidade, a unidade faz uma oficina para tirar dúvidas e dar orientações sobre o benefício.