Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/03/13 às 15h10 - Atualizado em 29/10/18 às 11h44

Cose Estrutural realiza festa e promove cidadania

COMPARTILHAR

SED 6040

 

Na sexta-feira (15), o Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, Cose da Estrutural deu uma aula de cidadania para as crianças que frequentam o espaço. A festa encerrou uma série de atividades elaboradas e apresentadas ao longo da primeira quinzena de março. O cronograma abordou questões como a valorização da cultura negra, o respeito às diferenças, o combate a toda forma de discriminação e as relações homoafetivas.

 

SED 6092

Em grupos, as crianças produziram as roupas e painéis com estampas étnicas que remetiam símbolos africanos. Além disso, produziram colares e utensílios para se enfeitarem e festejarem a semana de trocas e aprendizagens. Abraão Barros, 11 anos, falou da alegria de participar de mais uma festa na Unidade. “As atividades do Cose são legais porque a gente aprende e se diverte. Eu gosto de fazer as roupas e ajudar a montar a decoração”, disse.

 

SED 5825

Dentre as atividades, roda de bate-papo com a assistente social, Lusa Portuguez, a cantora Michelle Lara e a estudante de serviço social, Árina Cynthia. “Viemos em dois dias, nos períodos da manhã e da tarde para conversar com as crianças. Trabalhamos questões de identidade racial e profissões, questionamos o que eram brincadeiras para meninas e para os meninos, homossexualidade e diversidade sexual por meio de gravuras e diálogo. Deixamos que elas conversassem entre si e depois perguntamos se queriam falar sobre o assunto conosco ou escrever suas opiniões. A maioria escolheu o relato no papel. Para nós, o importante foi construir um espaço de diálogo e respeito”, relatou Árina.

 

SED 6255

O coordenador do Cose Estrutural, Remom Bortolozzi, comentou a proposta de programação pedagógica preparada para o mês de março. “Tentamos trabalhar com as crianças três datas importantes: o Dia Internacional da Mulher, buscando incentivar a valorização das meninas; o Dia Internacional contra a Discriminação Racial, abordando questões como o pertencimento racial e racismo. 99% das crianças do Cose são negras e muitas não se reconhecem como tal, se retratam de outras maneiras em desenhos e pinturas e sentem vergonha do cabelo. Nosso objetivo foi incentivar à valorização por meio de referências positivas, mostrando que todas têm sua beleza, e não devem seguir um padrão imposto pela mídia, por exemplo,”explicou.

 

SED 6445

Dentre as ações, ainda foram convidados grupos temáticos para conversar com as crianças. Mulheres feministas fizeram uma roda de escuta somente com as meninas. Já o grupo de hip hop masculino da Vila Planalto fez oficina de dança debateu o tema“machismo”, em oficina de leitura e identificação de palavras e frases que ofendem as mulheres, e uma por fim uma reflexão sobre a ação.

SED 6301

 

Para o próximo evento do mês, a Páscoa, Remom e sua equipe trabalharão o tema“Valorização à vida” onde serão tratados o respeito ao próximo, ao que é diferente, e o valor à vida.
 
Cabelo que Deus me Deu – Ninne Ribeiro, raper, estilista e idealizadora do projeto Cabelo que Deus me Deu marcou presença na festa do Cose. Cremes, sprays, liguinhas e demais acessórios faziam parte do material utilizado para deixar ainda mais bonitas as crianças da Estrutural. A cada penteado modelado, Nine ensinava para os meninos e meninas: “O importante é se amar do jeito que você é. Seja liso ou enrolado, seu cabelo é lindo”. A raper ainda cantou algumas músicas de seu repertório e dançou com as crianças.
 
SED 6141