Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/09/12 às 20h29 - Atualizado em 29/10/18 às 11h42

Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional é instalada no Distrito Federal

COMPARTILHAR

(24/10/2011 – 14:12)

 

Na manhã desta sexta-feira (21), a Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Transferência de Renda (SEDEST) promoveu a solenidade de instalação da Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional (CAISAN/DF), no auditório da Terracap.

Na ocasião, a secretária da SEDEST, Arlete Sampaio, e a secretária Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Maya Takagi, falaram da importância da CAISAN/DF. “Trabalhar de maneira intersetorial é essencial. Esta CAISAN/DF fortalece o SISAN/DF (Sistema de Segurança Alimentar e Nutricional) na medida em que envolve as 12 Secretarias que compõem a Câmara nas ações práticas voltadas às Políticas de Segurança Alimentar e Nutricional e ao DF Sem Miséria”, ressaltou a secretária Arlete Sampaio. “Garantiremos o Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA) quando todos trabalharmos articulados no processo participativo intersetorial”, garantiu Maya Tagagi.

A secretária Especial de Igualdade Racial, Josefina Serra, ressaltou o ganho dos Povos e Populações Tradicionais quando o GDF promove o acesso dessa população às Políticas Sociais. “É importante respeitar os hábitos e cultura alimentar das pessoas. O DF Sem Miséria não irá fornecer a cesta básica, mas a transferência de renda que possibilitará a escolha da alimentação de acordo com cada cultura”, disse  Josefina Serra.

O secretário da Agricultura e Desenvolvimento Rural (SEAGRI), Lúcio Valadão, falou do baixo consumo de frutas e hortaliças nas famílias extremamente pobres. “Nosso compromisso é incluir os agricultores familiares no mercado agroalimentar, promovendo uma alimentação saudável”, anunciou o secretário.

A subsecretária de Segurança Alimentar e Nutricional da SEDEST, Fátima Carvalho, ressaltou o papel da CAISAN/DF. “Devemos promover o alimento como um direito e não como uma mercadoria qualquer”. E completou: “O desafio desta Câmara é instalar a cultura da intersetorialidade”.

O evento seguiu de tarde com a constituição de dois Grupos de Trabalho para construção do Regimento Interno da CAISAN/DF e para debater o orçamento da Segurança Alimentar e Nutricional.

Também estiveram presentes os secretários de Estado do Entorno, Renato Andrade, representantes das Secretarias de Estado de Saúde, de Educação, da Fazenda, da Justiça, do Desenvolvimento Econômico, do Meio Ambiente, e da CEASA, Marcelo Piccin, o secretário executivo no Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA/DF), Hérmanos Moreira Machado,  e outros servidores da SEDEST.