Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/09/17 às 15h12 - Atualizado em 29/10/18 às 12h07

Break abre a Conferência de Assistência Social do Paranoá, Varjão e Lago Norte

COMPARTILHAR

A Conferência Regional de Assistência Social do Paranoá, Lago Norte e Varjão com o tema “Garantia de Direito e Fortalecimento do SUAS – Sistema Único de Assistência Social” começou com o break do grupo Tia Angelina, composto por oito crianças do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do Centro de Convivência Zilda Arns. A unidade atende crianças e jovens de 6 a 17 anos do Varjão, Lago Norte, Taquari e Granja do Torto. 

Depois da apresentação, a secretária adjunta de Desenvolvimento Social da #Sedestmidh, Marlene Azevedo, disse que o foco da Conferência é o debate e o fortalecimento da democracia participativa, pois todos apresentam críticas e sugerem melhorias. Nesta conferência, ressaltou, nós temos o compromisso de aperfeiçoar a política de assistência social, a fim de fazer valer o direito das pessoas que buscam e precisam dos nossos serviços.

Marlene elogiou a apresentação cultural e o trabalho das unidades da sua pasta em prol dos usuários da assistência social. E pediu uma salva de palmas para os servidores das unidades que atendem a região, pois são as que têm mais carência de pessoal.  “Esses servidores não medem esforços para atender a demanda”, disse.

Glauco Henrique, coordenador do Cras Paranoá, ressaltou a importância da participação dos usuários no encontro.  “Vocês estando presente na Conferência adquirem consciência da luta de direitos e possam a participar dessa luta com a gente”, afirmou. 

A subsecretária de Assistência Social, Solange Martins, abriu a segunda mesa com um panorama geral dos serviços do SUAS na área de abrangência da conferência. Segundo ela, os dados ajudam a sugerir melhorias e entender a realidade do Sistema no Paranoá, Varjão e Lago Norte.

Durante a Conferência o Governo de Brasília, por meio da Secretaria Adjunta de Desenvolvimento Social da e sociedade civil (usuários, entidades parceiras e trabalhadores), apresentam e discutem propostas para os serviços socioassistenciais desenvolvidos no DF para serem aprovadas no plano de metas que será submetido à Conferência de Assistência Social do Distrito Federal, prevista para outubro, a ser organizada pela #Sedestmidh e Conselho de Assistência Social.

Serviço: O encontro ocorre no dia hoje, até as 17h, no Instituto Madalena Caputo, localizado no Paranoá. À tarde serão eleitos 30 delegados, sendo metade governo e a outra da sociedade cível. Eles irão representar a região na Conferência Distrital, entre os dias 9 e 11 de outubro. O evento é promovido de dois em dois anos pelo Conselho de Assistência Social e Secretaria Adjunta.

 

Por: Camila Piacesi