Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/09/12 às 14h24 - Atualizado em 29/10/18 às 11h42

Atividades marcam o início de mobilização para proteger crianças e adolescentes da violência sexual

COMPARTILHAR

(25/02/2011 – 17:16)

Nesta sexta-feira (25), foi lançada a Campanha de Carnaval para o Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes no Distrito Federal, às 10h, no Salão Nobre do Buriti.

O conceito da campanha “Tem coisas que não dá para fingir que não vê. Violência sexual contra crianças e adolescentes é crime. Denuncie. A bola está com você” convoca a sociedade para contribuir na redução de casos de violência sexual. O evento inicia uma mobilização permanente de proteção das crianças e adolescentes que terá ações ao longo de todo o ano. Como esses casos aumentam em períodos festivos, é importante enfatizar esta mobilização antes e durante o carnaval, por meio da divulgação do Disque Direitos Humanos – o Disque 100 – serviço gratuito que funciona 24h nos sete dias da semana para receber denúncias de violência contra crianças e adolescentes. As denúncias também podem ser feitas pelo site www.disque100.gov.br ou pelo endereço eletrônico disquedenuncia@sedh.gov.br“>disquedenuncia@sedh.gov.br. O GDF também dispõe de Central de denúncias – SOS Cidadão – 0800.647.1407

Entre maio de 2003 e dezembro de 2010 o Disque 100 já realizou um total de 2.556.775 atendimentos e encaminhou 145.066 denúncias de todo o país, atendendo a 89% dos municípios brasileiros.

Em 2010, o DF apresentou o 2º maior número de denúncias, por meio do Disque 100, para cada grupo de 100 mil habitantes. Do total dessas denúncias (931), somadas às realizadas pelo SOS Cidadão (408), 526 são de violência física e psicológica, 269 de abuso sexual, 483 de negligência, 58 de exploração sexual e 3 de pornografia. “Há uma subnotificação. Como os casos de violência ocorrem dentro do ambiente familiar, há uma dificuldade de fazer a denúncia” afirmou a Secretária Arlete Sampaio.

Estiveram presentes no ato de lançamento da campanha o governador Agnelo Queiroz, a primeira dama Ilza Queiroz, a Secretária Arlete Sampaio, o Secretário da Criança, Dioclécio Campos Júnior, a Secretária da Mulher, Olgamir Amância, o Secretário da Juventude, Fernando Nascimento, a Promotora de Justiça de Defesa da Infância e da Juventude, Luisa de Marillac, a Secretária Nacional de Assistência Social do MDS, Denise Colin, a Secretária Executiva do Comitê Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, Karina Figueiredo, bem como outras entidades parceiras.

 

Atividades de mobilização

Bloco carnavalesco GIRAFOLIA – iniciativa da Casa de Passagem Adolescente – Giração (SEDEST) e Movimento de meninos e meninas de rua

Data: 25/02/2011 (sexta-feira)

Horário de saída do bloco: 14h

Percurso: saída em frente ao Pátio Brasil e chegada na Rodoviária de Brasília

Participação direta estimada: 200 pessoas (crianças e adolescentes da Casa de Passagem Adolescente – Giração, ABRIRE, escola de Sobradinho, Movimentos dos meninos e meninas de rua do Recanto e do Paranoá)

 

Bloco de rua da Liga dos Blocos Tradicionais de Brasília

Data: 26/02/2011 (sábado)

Horário: a partir das 16h

Local: CLN 302/303

Participação direta estimada: 2 mil pessoas (Blocos Tradicionais de Brasília, famílias atendidas pela SEDEST por meio de suas unidades (CRAS, CREA, COSE e unidades de acolhimento), além dos servidores da Secretaria.