Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/05/16 às 14h37 - Atualizado em 29/10/18 às 12h07

Ações da Sedestmidh marcam 18 de Maio

COMPARTILHAR

Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes


faca bonito -a rte

O Dia Nacional de Luta contra o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes – 18 de Maio – será marcado por uma série de atividades nos Centros de Convivência da Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Sedestmidh).

Segundo informações da Diretoria de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Sedestmidh, vão realizar atividades recreativas e de reflexão com as famílias e segmentos da sociedade, os Centros de Convivência Divinéia (Núcleo Bandeirante e Candangolândia), Planaltina, Santa Maria, Sobradinho (Sobradinho II e Fercal), Granja das Oliveiras e Riacho Fundo II, Gama Oeste, Gama Sul, Mozart Parada (Taguatinga), Bernardo Sayão (Taguatinga), Ceilândia Sul e Estrutural.

As atividades começam no dia 14 e vão até o dia 29. Com apoio do Conselho tutelar da Candangolândia, o Centro de Convivência do Núcleo Bandeirante promoverá uma manhã de mobilização e de debates. Até o dia 21, em Planaltina haverá distribuição de panfletos educativos sobre a data nas feiras e escolas públicas, em mutirão com o CREAS, CRAS Planaltina e CRAS Arapoangas, Conselho Tutelar I e II, Diretoria Regional de Ensino, 16º Batalhão de Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

Ainda em Planaltina, haverá palestra para estudantes sobre a importância do tema; oficinas com os educandos para conscientização do tema; confecção de cartazes para serem utilizados em uma caminhada na cidade; caminhada com os educandos, alunos da rede pública de ensino, Bombeiros Mirins e entidades sociais, com auxílio do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar (BPM); e palestra com famílias sobre o tema. Os profissionais do Centro de Convivência vão promover oficinas com os filhos das pessoas nas palestras. Haverá também blitz educativa sobre o tema, com auxílio da Polícia Militar.

No Riacho Fundo II haverá um conjunto de ações, envolvendo formação de atores sociais, atividades com crianças e adolescentes e culminando na “Caminhada de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes”.

No dia 18, no Gama Oeste haverá confecção de cartazes e palestras. As crianças farão uma caminhada junto com os alunos das escolas passando pelo shopping do Gama e restaurante comunitário até a Vila olímpica, onde o final envolverá apresentações culturais com artistas da cidade. No Gama Sul, o Centro de convivência promoverá uma caminhada em parceria com a Rede Intersetorial da cidade para marcar a data, palestra sobre o tema a ser ministrada pelo Provid – 9º Batalhão de Policia Militar e oficinas sobre a data com educadores, ao longo do mês de maio.

No Paranoá, no dia 18, os servidores vão promover oficinas internas do Centro. No Centro Mozart Parada de Taguatinga, o dia será marcado por ações internas, oficinas de pintura tela, confecção de cartazes, música (interpretação e ilustrações) e gincana esportiva dentro da temática. Antes, porém, na Praça do Relógio haverá um ato teatral e artístico para conscientizar e informar sobre o enfrentamento do abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, com apoio da Rede Taguatinga, Águas Claras e Vicente Pires, Cras Taguatinga e Areal, Unaf, Unac, Casa Flor, Unai, Ministério Público, Regional de Ensino e Creas Taguatinga. No Centro de Convivência da Guariroba, na Ceilândia, às 8h, do dia 18, terá concentração em frente ao 8º GBM – Grupamento de Bombeiro Militar de Ceilândia, localizado na QNM 28 AE, seguida de caminhada até a Escola Parque de Ceilândia. Durante o percurso haverá distribuição de material informativo, apresentações educativas e artísticas, com apoio do Conselho Tutelar de Ceilândia, Creas Ceilândia, Centros de Convivência, Escola Parque de Ceilândia, Bombeiro Militar e Polícia Militar.

Na Ceilândia Sul, o mês de maio contará com ações relacionadas à temática, tendo em vista atividades informacionais, respeitando a linguagem adequada a cada ciclo, e atividades socioeducacionais voltadas para a comunidade.

A “Ação Fazendo Bonito”, na Cidade Estrutural, envolverá encontros e palestras com pais e responsáveis pelas crianças e adolescentes do território nas instituições educativas e socioeducativas, ministradas por representantes do Creas, Conselho Tutelar e Centros de Convivência (Cose/Viver/Tia Nair e Coletivo da Cidade). Apresentação de TEATRO, com roda de conversa no Centros de Convivência, dia 18 de maio, encerrará as atividades sobre a data. Antes disso, no dia 17, no Parque da Cidade, os moradores da Estrutural vão participar de um ato contra o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Em Sobradinho e Fercal, o Centro de Convivência promoverá oficinas para alunos da rede pública de ensino sobre a conscientização do tema por meio de um vídeo curto, confecção de cartazes e faixas com o símbolo da campanha; pintura de rosto.